Notícia

Folha Metropolitana

Guarulhos conta com diagnóstico geoambienta

Publicado em 18 novembro 2009

O município de Guarulhos integra agora uma lista restrita de cidades que contam com um diagnóstico geoambiental. O estudo mapela relevo, solos, rochas e as águas de superfície.

"O trabalho não é pioneiro no Brasil, mas apenas mais três cidades,São Paulo, Porto Alegre e Curitiba, dispõe desse tipo de material", informou o geólogo e professor doutor Antonio Manoel dos Santos Oliveira, que coordenou a pesquisa realizada pelo Laboratório de Geoprocessamen-tos da UnG (Universidade Guarulhos). O trabalho foi apresentado na última segunda-feira para uma plateia de profissionais da área e alunos de cursos ligados à questão ambiental.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Alexandre Kise ressaltou a importância do estudo. "Essa será uma grande ferramenta para a cidade. Sabíamos o que tínhamos de fazer, mas não contávamos com essa base. Agora é possível falar em cima de dados físicos e sociais", comentou Kise.

O estudo foi desenvolvido em três anos e contou com apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). "A UnG investiu cerca de R$ 2 milhões no projeto", comentou o coordenador do estudo. Quatro pesquisadores estiveram envolvidos diretamente na pesquisa, que também teve apoio da Prefeitura. "A ideia é estruturar esses dados e disponibilizá-los para a elaboração de políticas públicas. Agora não dá mais para dar a desculpa de que os problemas são desconhecidos", alertou Oliveira.

De acordo com o professor-doutor, o Brasil tem a cultura de não investir em planejamento e um diagnóstico como o apresentado, se desenvolvido há mais tempo, poderia evitar o crescimento desordenado das cidades. "As cidades expandiram e nunca houve essa preocupação. Os problemas foram surgindo e vieram alternativas para solucioná-los como as leis de zoneamento e os planos diretores. Estamos avançando, devagar, mas no caminho certo", considerou o coordenador.

A partir desse estudo, a meta do grupo de pesquisa da UnG é elaborar um atlas Geoambiental de Guarulhos. "Esse estudo continuará trazendo grandes resultados para a cidade", frisou Oliveira.