Notícia

TI Bahia

GS1 Brasil apoia formação do Fórum de Competitividade de Internet das Coisas (IoT)

Publicado em 26 abril 2012

São Paulo, 26 de abril de 2012 – No fim do mês de abril será formado o Fórum de Competitividade do IoT – Internet of Things (Internet das Coisas), com participação de relevantes profissionais, acadêmicos e entidades públicas e privadas. O principal objetivo do fórum é mobilizar o país para que ele participe como protagonista, contribua com pesquisa, desenvolvimento de produtos e soluções, além de incentivar a aplicação pelas empresas e a sociedade.

De acordo com um dos coordenadores do Fórum de Competitividade do IoT, Gabriel Marão, “é importante identificarmos padrões que sejam mundiais para que haja comunicação das coisas pela internet e o fórum será fundamental para mostrarmos à sociedade a influência da IoT”. O executivo revela que a fase atual é de definir o que é necessário para criação do fórum e sua pauta. Será concluída uma lista de ações que envolvem interoperabilidade de aparelhos, carros, geladeira, smart grid entre outras coisas.

“Os padrões da GS1 são sempre desenvolvidos para atender aos requisitos das empresas usuárias de tecnologia. E vários dos padrões da GS1 foram criados com base no conceito do IoT; por isso, temos muito a contribuir”, afirma Roberto Matsubayashi, gerente de Inovação e Alianças Estratégicas da GS1 Brasil.

A GS1 Brasil é uma das apoiadoras para formação do Fórum de Competitividade IoT. Na última reunião, em sua sede, no dia 09 de abril, foram coletadas contribuições para definição de uma agenda de ações e projetos para estimular o desenvolvimento da indústria, do mercado e, principalmente, social. Participaram técnicos, profissionais de centros de pesquisa, acadêmicos, entidades públicas e representantes da iniciativa privada. Entre eles, Gabriel Marão e João Neves Fernandes, da Perception; Roberto Matsubayashi, gerente de Inovação e Alianças Estratégicas da GS1 Brasil; José Roberto Amazonas, da Escola Politécnica da USP e José Vidal Bellineti, do ITS Brasil; Ricardo Takahira, Sindipeças; Marcio Martins, Programa CI-Brasil, do Ministério da Ciência e Tecnologia; Wilson Cruz, assessor da GS1 Brasil; Luís Fernandez Lopez, Coordenador do programa Tecnologia da Informação no Desenvolvimento da Internet Avançada (Tidia) e da Rede ANSP – Fapesp – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Regiane Relva, da VIP-Systems Informática; Victor Mammana, diretor do CTI-Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (unidade do Ministério da Ciência e Tecnologia); Gilson Schwartz, pesquisador da USP e da UFMG; Carla Guimarães, gerente de mercado indústria do CPqD; e capitão Robson Teles Peixoto, da Aeronáutica.

Internet das Coisas – O conceito de internet das Coisas (Internet of Things) nasceu no MIT-Massachusetts Institute of Technology quando se desenhava o cenário futuro da logística com tecnologias como o RFID (Radio-Frequency IDentification) e a Internet em uma iniciativa na qual participavam a GS1 e outras empresas visionárias. Desde então, o conceito vem sendo pesquisado, desenvolvido e ampliado por muitos países no mundo.

Sobre a GS1 Brasil

A GS1 Brasil, Associação Brasileira de Automação, é uma organização sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) de produtos e serviços na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos para o varejo, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 55 mil associados. Mais informações em www.gs1br.org.