Notícia

O Carreteiro

Grupo ZF defende inovação tecnológica para crescimento empresarial

Publicado em 17 abril 2012

Durante encontro de Fornecedores do Grupo ZF, realizado no Senac Santo Amaro de São Paulo/SP, na semana passada, a companhia aproveitou a ocasião para destacar a necessidade de todo o setor automotivo investir em pesquisa e desenvolvimento de produtos. “A competitividade atual do nosso mercado determina a busca por inovação. E a inovação não é algo que você ‘compra’ em algum lugar. É preciso trabalhar por ela, criar uma cultura dentro da empresa e fomentar iniciativas. Trabalhar por uma gestão da inovação tecnológica é um caminho sem volta para o fornecedor”, disse Wilson Bricio, presidente do Grupo ZF.


Para Carlos Thenorio, diretor de Gestão de Materiais da ZF, a inovação pode servir para o crescimento conjunto da empresa e fornecedores. “Quando recebemos um produto cada vez mais completo, reduzimos etapas e processos industriais, e consequentemente os custos, mas nunca sem perder a qualidade. Por isso, estamos desenvolvendo meios para nossos parceiros profissionalizarem sistemas de inovação. E, ainda em 2012, planejamos uma missão de fornecedores para a Alemanha com o objetivo de intercâmbio de tecnologia entre empresas brasileiras e alemãs”, enfatizou o executivo.


Segundo João Fernando Gomes de Oliveira, diretor presidente do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), o investimento em tecnologia deve estar na agenda do Brasil para que a demanda não seja suprida via importação. Para o estudioso, o País conta com instrumentos públicos para isso. O BNDES e a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) são exemplos disso.