Notícia

O Amarelinho

Grupo Telefonica busca jovens estudantes para programa corporativo de trainees

Publicado em 22 junho 2008

Por Cynthia Grilo

O Grupo Telefonica busca jovens estudantes que estejam cursando o último ano das faculdades de Administração de Empresas, Economia, Engenharia (Elétrica, Eletrônica, Mecatrônica, de Produção ou de Telecomunicações), Marketing ou Ciências da Computação para participar do seu novo programa de trainees.

São 15 vagas, as quais serão distribuídas entre as empresas Atento (contact center), TGestiona (prestação de serviços empresariais em áreas como RH e logística), Telefonica São Paulo (telefonia fixa, banda larga e TV) e Terra (internet). Dentre os pré-requisitos exigidos, estão fluência nos idiomas inglês e espanhol, empreendedorismo, criatividade, habilidade de trabalhar em equipe e foco em resultados.

“Optamos por recrutar estudantes porque queremos garantir que os melhores profissionais estejam conosco, desde o início da construção de sua carreira”, diz Françoise Trapenard, diretora de Recursos Humanos da Telefonica SP.

Outro diferencial é o fato de os trainees serem contratados para desenvolver projetos predefinidos pelos gestores das áreas contratantes. Na fase final do processo de seleção, os candidatos conhecerão esses projetos, podendo elencar aqueles que mais os atraem. Com essas informações em mãos, os gestores poderão fazer as entrevistas com foco bastante específico.

Ao longo do programa, os trainees serão submetidos a treinamentos presenciais e a distância (e-learning), passarão por “job rotation” (integração nas principais áreas da empresa) e contarão com o apoio de coaching (consultoria interna) e mentoring (externa), além de avaliações semestrais com o gestor responsável pelo projeto em andamento.

“O Grupo Telefonica está buscando, cada vez mais, estreitar suas relações com o meio acadêmico, sempre rico em pesquisas, debates, produção de conhecimento, além de ser excelente fornecedor de talentos”, afirma Antônio Carlos Valente, presidente do Grupo Telefonica no Brasil. “Esta aproximação com a inovação e os talentos da universidade é essencial para um setor tão dinâmico como o de telecomunicações”, completa.

O programa terá duração de 18 meses e, enquanto os estudantes ainda estiverem cursando a faculdade, a carga será de seis horas. Depois de concluído o curso, o período de trabalho do trainee será ampliado para oito horas diárias.

O salário inicial será de R$ 2.500,00 com progressões previstas para depois de encerrada a faculdade e após o término do programa. Os interessados em participar devem cadastrar-se no site www.telefonica.com.br/recursoshumanos, até o dia 27 de junho.

Parcerias acadêmicas

Dentre as iniciativas realizadas pelo Grupo Telefonica em parceria com universidades, é possível destacar o acordo firmado em 2007 com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), que incentiva o desenvolvimento de projetos científicos e tecnológicos em Tecnologia de Informação (TI) e Telecomunicações e inclui uma rede dedicada de fibras ópticas com 3,3 mil quilômetros no Estado de São Paulo – cedida integral e gratuitamente pela empresa – para interligar pesquisadores numa plataforma experimental de alta velocidade. outro programa é o Desafio Empreendedor, que estimula a inovação, o empreendedorismo e a criatividade dos estudantes e profissionais brasileiros.