Notícia

Diário do Comércio (SP)

Governo quer incentivar a inovação tecnológica

Publicado em 07 fevereiro 2006

O governo paulista enviou ontem à Assembléia Legislativa projeto que cria a Lei de Inovação Tecnológica no estado. O objetivo é incentivar investimentos em inovação tecnológica, estimulando parcerias entre o setor privado, a comunidade científica e o governo estadual. Durante a apresentação do projeto, ontem, na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o governador Geraldo Alckmin também assinou decreto que estabelece a construção de cinco parques tecnológicos no Estado.
A nova lei pretende regulamentar os incentivos à inovação. Entre outras medidas, prevê a formação de parcerias entre as universidades estaduais e empresas privadas e até mesmo investimentos do próprio Estado para o desenvolvimento de projetos de inovação.
Funcionários públicos estaduais poderão se licenciar dos cargos para trabalhar em desenvolvimento de suas inovações, podendo, inclusive, constituir empresas com o propósito específico para desenvolver os projetos. "Queremos promover as melhores práticas de pesquisa e desenvolvimento. Criamos assim um incentivo para os pesquisadores que estão no estado para desenvolver suas criações", explicou o secretário paulista de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, João Carlos de Souza Meirelles.
Tanto o governador paulista como o secretário Meirelles não quiseram estimar quanto tempo a Assembléia Legislativa poderá levar para aprovar a nova lei. "O processo será aperfeiçoado. Temos um projeto de Estado e não de governo", disse o governador.
Na Grande São Paulo, os trabalhos serão concentrados na área de nanotecnologia e, em Campinas, em ciências da computação e tecnologia da informação. (Agências)