Notícia

Café das quatro

Governo proíbe o uso de animais em teste para cosméticos em São Paulo

Publicado em 23 janeiro 2014

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin sancionou nesta quinta-feira (23) a lei que proíbe o uso de animais em testes para o desenvolvimento de cosméticos, perfumes e produtos de higiene pessoal. A lei não se refere ao uso de animais no desenvolvimento de remédios. A fiscalização no Estado será feita pela secretaria da Saúde.

"Nos debruçamos sobre o tema, estudamos profundamente, inclusive a legislação internacional, ouvimos a entidade defensora dos animais, a indústria cientista, pesquisadores da Fapesp, veterinários, médicos, biólogos, enfim, ouvimos todo o setor e decidimos pela promulgação da lei', disse Alckmin.

"O fator decisivo é você proteger os animais, como deve proteger o meio ambiente, os mais indefesos. Aliás, é um princípio funcional não ter crueldade contra os animais. A legislação comparada a legislação internacional ajudou no debate," afirmou ainda o governador.

 

Alckmin finalizou dizendo acreditar que o ideal seria uma legislação nacional, devido aos métodos alternativos à utilização de animais: "Entendemos que ainda se deve trabalhar por uma lei nacional, pois há métodos alternativos à utilização de animais, como testes in vitro e metodologia utilizando até computadores".