Notícia

JC e-mail

Governo paulista muda estrutura para C&T

Publicado em 12 janeiro 2011

Com o novo governo, a pasta recebe novos programas e passa a contar também com a gestão das faculdades e universidades estaduais e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)

Com a posse do novo governo estadual de São Paulo, foi mudada a estrutura administrativa voltada para ciência e tecnologia e ensino superior. A Secretaria de Desenvolvimento, que no último governo era a responsável pelas atividades de C&T, recebeu novas atribuições, teve sua estrutura renovada e ganhou também a denominação de Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT).

Paralelamente, foi extinta a Secretaria de Ensino Superior, antiga responsável pelas faculdades e universidades estaduais paulistas (USP, Unicamp, Unesp e as Faculdades de Medicina de Marília e São José do Rio Preto). Essas atividades passam agora para a nova estrutura da SDECT.

Passam a integrar ainda a estrutura da nova secretaria a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), que tem como objetivo ampliar o acesso à educação superior pública, por meio de cursos semipresenciais.

A secretaria também apresenta mudanças em sua estrutura básica, com novas coordenadorias. O programa Via Rápida do Emprego, que vai oferecer cursos profissionalizantes de acordo com a vocação econômica das regiões do estado, será gerido pela recém-criada Coordenadoria de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante - responsável pela promoção de políticas públicas voltadas à formação de profissionais de nível técnico e de graduação tecnológica.

Em outra frente, caberá à nova Coordenação de Ensino Superior manter o diálogo permanente com a comunidade científica e incentivar ações voltadas ao desenvolvimento do ensino superior no estado, atendendo às necessidades da população e do mercado de trabalho.

Já a Coordenação de Empreendedorismo e Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte vai atuar na promoção de iniciativas voltadas ao desenvolvimento do empreendedorismo e à agilização de procedimentos de instalação, regularização e recuperação de micro e pequenas empresas.

As Coordenadorias de Desenvolvimento Regional e Territorial e de Ciência e Tecnologia, que já pertenciam à pasta, irão fortalecer suas ações e projetos em andamento, como o Programa de Fomento aos Arranjos Produtivos Locais (APLs) e o Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec), com o objetivo de estimular a inovação, a competitividade das empresas e o desenvolvimento econômico sustentável do Estado.

Vinculam-se ainda à secretaria o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (Investe São Paulo) e o Centro Paula Souza, autarquia responsável pela administração de Fatecs e Etecs.

Confira as alterações nos decretos nº 56.635/2011 e nº 56.636/2011: http://www.desenvolvimento.sp.gov.br/secretaria//files/decretos_56635_e_56636_2011.pdf

(Com informações do Portal da SDECT)