Notícia

Secretaria de Ensino Superior (SP)

Governador assina decreto que oficializa o Programa Univesp

Publicado em 08 outubro 2008

Já em 2009, os cursos oferecidos criarão 6.600 vagas em pedagogia e licenciatura

 

O Governador José Serra assina amanhã (9), em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, o decreto que oficializa a criação do Programa de Expansão do Ensino Superior Paulista "Universidade Virtual do Estado de São Paulo - Programa Univesp."

O Univesp consorcia as universidades estaduais paulistas e a TV Cultura para oferecer cursos de graduação e pós-graduação utilizando as novas tecnologias de informação e comunicação (NTICs). Será implementado pelas universidades públicas paulistas – USP, UNESP e UNICAMP – e conta com o importante apoio da TV Cultura (Fundação Padre Anchieta), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo Paulista (FUNDAP).

O programa vai criar, em 2009, cinco mil vagas no curso de graduação em pedagogia para professores em exercício, a ser desenvolvido pela Unesp (Universidade Estadual Paulista). Também serão oferecidas 700 vagas na licenciatura em biologia e 900 vagas na licenciatura em ciências, ambas na USP. Somadas, são 6,6 mil vagas novas no ensino superior paulista, uma vez aprovados esses cursos pelas instâncias competentes das universidades.

Simultaneamente, serão desenvolvidos cursos de especialização voltados a professores da rede estadual de ensino, da quinta série ao Ensino Médio. Por meio de um uma parceria com a Secretaria Estadual da Educação, 110 mil docentes deverão ingressar no ano que vem em 16 cursos de pós-graduação (13 de disciplinas e três de gestão).

Valendo-se da sinergia pedagógica das universidades estaduais, das competências já desenvolvidas e contando com tecnologias de comunicação e de informação, como as mídias internet e TV, o Programa Univesp terá papel chave na promoção do acesso ao ensino superior. Com elas o programa poderá atingir um grande público espalhado por todo o Estado.

O acompanhamento dos estudos e das atividades pedagógicas será feito tanto de forma presencial, em pólos de apoio instalados nas universidades e outras instituições participantes, como pela Internet ou por telefone (cifra 0800). As aulas laboratoriais e as avaliações serão realizadas de modo presencial nos pólos, onde o aluno receberá apoio pedagógico, físico, administrativo e de serviços. Um conjunto de tutores estará continuamente disponível para atender aos alunos via internet. Enquanto isto, o canal digital da TV Cultura estará transmitindo durante as 24 horas do dia os programas-aula.

Para aproveitar a grande interatividade e integração comunicacional da internet, também serão utilizados sistemas que reproduzem e ampliam as possibilidades de ações pedagógicas normalmente usadas no ambiente de sala de aula - os chamados "ambientes virtuais de aprendizagem".

Esses sistemas se baseiam em um ambiente que reúne uma série de recursos, tais como área para a disponibilização de materiais educacionais (textos, artigos, vídeos, animações, simulações, material didático, entre outros), transmissão online de vídeo-aulas, promoção de bate-papos (chats) entre alunos, fóruns virtuais, teleconferências com tutores e com professores, entre outros recursos.

Para explorar a linguagem televisiva, que, na era digital, ganha novo formato e novas possibilidades de uso e de interatividade, o Programa Univesp conta com a importante participação da TV Cultura de São Paulo, que destinará um de seus canais digitais aos seus programas-aula.

O programa promoverá a expansão do conhecimento levando em conta três princípios básicos, destaca o secretário estadual de Ensino Superior, Carlos Alberto Vogt. "O acesso, a equidade de oportunidades ao ensino superior e a busca obsessiva pela qualidade", diz. O programa conta também com o apoio da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo), Fundap (Fundação do Desenvolvimento Administrativo Paulista), do Centro Paula Souza e da Fundação Padre Anchieta.

Implementação

As atividades do programa serão implantadas em três diferentes módulos a serem desenvolvidos a partir do primeiro semestre de 2009. O primeiro módulo tem como foco a capacitação de professores em exercício nas redes pública e privada do Estado. Nele está prevista a oferta de um curso de Licenciatura em Pedagogia e um curso de Licenciatura em Ciências, desenvolvidos a partir de experiências de sucesso realizadas na USP e na UNESP. O principal objetivo destas ofertas, neste primeiro módulo, é promover a melhoria da educação no ensino infantil e no fundamental de 1ª a 4ª séries.

O segundo módulo contempla a oferta de cursos de licenciatura como Matemática, Física. Química, Biologia e Língua Portuguesa. O início das atividades deste módulo está previsto para o decorrer de 2009. O terceiro módulo oferecerá cursos de capacitação, extensão, especialização e outras formas de educação para professores que já tenham um curso superior completo e que desejam seu aperfeiçoamento profissional.

Aspectos institucionais

O Programa Univesp vem atender a preceito do Plano Nacional de Educação, instituído pela Lei federal nº 10.172, de 2001, que em seu item 6.2 afirma "ser preciso ampliar o conceito de educação a distância para poder incorporar todas as possibilidades que as tecnologias de comunicação possam propiciar a todos os níveis e modalidades de educação".

Vale destacar que os cursos serão oferecidos tanto de forma consorciada entre as universidades como de maneira isolada. Com isto, respeitam-se as peculiaridades regionais e o equilíbrio de certificação entre as universidades paulistas.

Serviço

Data: 8/outubro; Horário: 16h30; Local: Palácio dos Bandeirantes, no Salão dos Despachos / 2º andar