Notícia

A Cidade (Ribeirão Preto)

Governabilidade, porém com o conhecimento

Publicado em 03 dezembro 2006

Nunca o Brasil esteve tão perto de uma histórica mudança como agora na próxima gestão do Presidente Lula Entretanto vão ser necessárias transformações drásticas na nossa cultura e práxis política. Uma firme opção por uma equipe de alto nível e excelência profissional nos setores de inovação, ciência, tecnologia, educação e humanismo Estas são as áreas que decidirão o destino do Brasil na difícil travessia de sua inserção no Mundo Globalizado do Século XXI, significativamente identificado como o Século do Conhecimento Os partidos políticos poderão ate dar governabilidade cartorial ao Executivo, mas ter-se-á perdido o rumo do desenvolvimento virtuoso do Pais, em troca de fisiologismos superficiais que só nos conduziram nesses 500 anos a uma situação deprimente de dependência e colonização espoliativa e socialmente injusta.
A alta tecnologia no momento esta sendo apenas bem utilizada pelos bandidos e traficantes nas penitenciarias e fora delas.
O cenário globalizado nunca foi tão favorável às excepcionais vantagens comparativas do Brasil em energia, alimentos, água; extensão territorial, biodiversidade, clima e no enorme patrimônio de conhecimentos de agronegócio tropical, graças sobretudo a EMBRAPA e ao Sistema Nacional de Universidades publicas e órgãos pioneiros como CNPq, CAPES e mais recentemente ao próprio MCT A FAPESP em São Paulo mostrou a fundamental importância de investimentos e gestão adequada em áreas de fronteira.E agora uma nova e histórica iniciativa com o Sistema Paulista de Parques Tecnológicos já em estruturação avançada. No Agronegócio Tropical temos conhecimentos únicos a nível global e uma base física sem competidores. O que precisamos e uma mudança do paradigma dessa cultura burocrática, protetora de interesses mesquinhos e consumistas, para uma nova cultura estabelecida com uma forte opção por uma nova e verdadeira "Aliança com o conhecimento": envolvendo Governos, Empresas, Instituições geradoras de conhecimentos e Terceiro Setor vinculado ao voluntariado ético e respeitoso do Homem e do Ambiente. Esta aliás e a missão pioneira da Rede de Inovação e Prospecção Tecnológica do Agronegócio (RIPA) - www ripa com br que nos últimos 2 anos vem estruturando uma ampla analise com novos métodos de inteligência cooperativa nas cinco regiões do Pais, sob a coordenação do Instituto de Estudos Avançados da USP-São Carlos com apoio do MCT, EMBRAPA e Fundo Setorial do Agronegocio entre outros.
O Brasil com energia da biomassa, combustíveis alternativos, gestão inteligente de seus imensos recursos hídricos, de materiais e sua riquíssima biodiversidade poderá ser essencial para o maior desafio que a humanidade enfrenta em seu futuro a incorporação prevista nos próximos 50 anos de outros 5 a 6 bilhões de habitantes na Terra. Na ilustração do Alfonso fica representa do o possível papel do Brasil se houver uma corajosa de cisão do Presidente em quebrar o paradigma da citada cultura de 500 anos que engessa o Brasil. Esta seria uma nova era e uma nova liderança para a construção de um esperado Eixo do bem e da paz!