Notícia

Toda Fruta

GENOMA REVELA ORIGEM E EVOLUÇÃO DAS ABELHAS PRODUTORAS DE MEL

Publicado em 17 outubro 2014

Estudo altera noções anteriores e pode ajudar a proteger Apis mellifera do declínio global que vem sofrendo.

 

MARIA GUIMARÃES

Análises genéticas em ampla escala feitas por pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, com colaboradores de vários países, sugerem alterações em parte do que se sabia sobre a origem e a evolução da abelha responsável por grande parte da polinização e da produção de mel no mundo, Apis mellifera. Em artigo publicado neste domingo (24/08) na revista Nature Genetics, o grupo liderado por Matthew Webster contesta a ideia anterior de que essas abelhas teriam surgido na África, e desloca essa origem para a Ásia. Os resultados podem também explicar um pouco sobre a abelha que existe no Brasil, conhecida como africanizada por ser um híbrido acidental entre a subespécie italiana e a africana. “Apesar de a população africana introduzida no Brasil ter sido pequena, menos de 50 rainhas inseminadas, as nossas abelhas têm muitas das características encontradas nas da África”, explica a bióloga Zilá Simões, da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto, coautora do trabalho.

 

Para revisar a matéria na Revista Pesquisa da FAPESP:

http://revistapesquisa.fapesp.br/2014/08/24/genoma-revela-origem-e-evolucao-das-abelhas-produtoras-de-mel/