Notícia

ID News

Game educativo simulado para vestibular é indicado para alunos da rede de ensino

Publicado em 28 março 2019

O grupo de desenvolvimento de jogos educacionais Ludo Educativo, projeto de extensão do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF- CEPID – FAPESP), acaba de lançar o Ludo Simulado, um game focado nos alunos de ensino médio e tem o principal intuito de ajudar estudantes a treinarem para os vestibulares. O aplicativo conta com mais de 10.000 questões de diversas matérias como Química, Física, Biologia, Matemática, História, Geografia, entre outros. Além disso, o aplicativo fornece ao estudante um relatório no final com informações como tempo médio por questão e o tempo total na resolução das questões. É possível, também, fazer um simulado com limite de tempo, onde o aplicativo informa o estudante de quanto tempo restante ele tem para finalizar as questões, permitindo que ele treine seu tempo nos vestibulares!

A Dirigente Regional de Ensino de São Carlos, professora Débora Gonzalez Costa Blanco, emitiu circular para diretores, vice-diretores, coordenadores e professores indicando o uso do aplicativo para treinamento dos estudantes da do ensino médio da rede pública de ensino. “Essa decisão da Dirigente Regional de São Carlos é muito importante, pois abre perspectivas para que o Ludo Educativo seja utilizado em toda a rede pública de ensino”, disse o professor Elson Longo, diretor do CDMF.

Sobre o Ludo Educativo

O Ludo Educativo é um projeto de extensão universitária que surgiu em 2012 e tem jogos gratuitos sobre diversos assuntos que estão presentes no dia a dia de crianças e adolescentes, como a escassez de água, preservação do meio ambiente, combate à dengue e a preparação para o vestibular.

A equipe do projeto é formada por designers, programadores e pedagogos da Aptor Software, uma empresa spin-off que surgiu nos corredores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Estadual Paulista (UNESP).

A plataforma do Ludo Educativo possui, atualmente, mais de 62 jogos divididos em diversas categorias. Além disso, o Ludo disponibiliza o Ludo Escola, que permite que professores criem cursos/avaliações e coloquem dentro de jogos já criados na plataforma. Com o LudoEscola é possível, então, ver relatórios do desempenho dos alunos nas questões respondidas dentro do jogo, facilitando assim para o professor avaliar os alunos de uma forma descontraída e divertida.

Além da FAPESP, o CDMF recebe investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), integrando uma rede de pesquisa entre UNESP, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade de São Paulo (USP) e Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).