Notícia

Agência USP de Notícias

Future Internet Brasil - Europa

Publicado em 26 novembro 2012

Nos dias 26 e 27 de novembro, acontece o primeiro workshop do projeto Future Internet Brasil - Europa (FIBRE), em Salvador, na Bahia. O projeto FIBRE é financiado de forma conjunta pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pela Comunidade Européia, e visa a criação e expansão de uma infraestrutura de rede compartilhada entre Brasil e Europa para apoiar a realização conjunta de pesquisas experimentais no âmbito da Internet do Futuro, em escalas e condições mais próximas da realidade.

Dez infraestruturas experimentais estão sendo desenvolvidas, implantadas e interligadas por meio das redes GIGA, KyaTera e Ipê, nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte do Brasil. Estes recursos serão interligados com similares europeus implantados e ampliados junto aos projetos OFELIA (OpenFlow in Europe - Linking Infrastructure and Applications) e OneLab (PlanetLab Europe).

O projeto tem duração de 30 meses e é composto por 10 grupos nacionais (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), USP, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade de Salvador (UNIFACS), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); cinco grupos europeus (i2CAT, da Espanha; Bristol University, do Reino Unido; Université Pierre et Marie Curie, da França; University of Thessaly, da Grécia; e Nextworks, da Itália); e um grupo australiano (NICTA).

NA USP, este projeto é coordenado pelo Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (LARC) do Departamento de Engenharia de Computação (PCS) da Escola Politécnica (Poli), com a participação do PoP-RNP e do Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP.

A USP participa da criação e implantação da infraestrutura de rede, da expansão da infraestrutura de emulação de rede (infraestrutura criada com financiamento da FAPESP) e na criação de aplicações avançadas relacionadas à transmissão de vídeo/áudio de alta resolução, incluindo Cinema 4k e a interligação de sistemas de visualização.

Apresentações públicas

O Workshop marca o primeiro ano do projeto por meio de apresentações abertas ao público, e receberá uma comissão européia para avaliação dos resultados deste primeiro ano.

As apresentações ocorrem em Salvador e preveem a realização de três demonstrações no dia 27 de novembro. A primeira demonstração envolve a USP e o CPqD com a interconexão da infraestrutura FIBRE destas duas redes por meio de soluções de roteamento empregando-se a tecnologia de rede programadas por software (SDN -Software Defined Network), uma tecnologia pioneira ainda empregada em nível de pesquisa.

A segunda demonstração envolve i2Cat (Barcelona - Espanha), a USP e o Centro Cultural de São Paulo (CCSP). O objetivo desta demonstração é mostrar o uso da infraestrutura internacional do projeto para a realização de Master Class de Piano e Canto, intitulado "Enlaces Cânticos". Na Espanha, participam a cantora soprano Patricia Caiedo e a pianista Ivana Krusedolac, da Escola Superior de Música de Catalunya (ESMUC), em Barcelona. No Brasil participam a cantora mezzo-soprano Josani Pimenta e a pianista Marizilda Hein, da USP. Em São Paulo, a apresentação ocorrerá no CCSP. Os músicos de ambos os lados farão apresentações interativas para demonstrar o poder da Internet Avançada em viabilizar a realização de colaboração e troca de experiência no campo das Artes.

A última demonstração envolve a interconexão de ambientes de redes sem fio e conta com a participação da UFRJ e UFF.

Na USP, o projeto FIBRE tem a coordenação geral da professora Tereza Cristina Carvalho, do LARC, e coordenação técnica dos pesquisadores Fernando Frota Redígolo e Marco Antonio Torrez Rojas .

Mais informações: email carvalho@larc.usp.br, com Tereza Cristina Carvalho

Da Redação - agenusp@usp.br