Notícia

Diário da Franca online

Furnas do Bom Jesus ganhará 138 mil mudas

Publicado em 29 abril 2014

Um projeto de restauração florestal contemplará o Parque Estadual Furnas Bom Jesus com o plantio de 138 mil mudas de árvores de espécies nativas da região. Iniciado há um mês, o reflorestamento se estenderá por 120 hectares em áreas do parque, o que corresponde a 6% de sua área total.

Localizado em Pedregulho, o parque é uma Unidade de Conservação da Natureza de Proteção integral. Administrado pela Fundação Florestal, está realizando o projeto por meio de parceria com a DEB-Pequenas Centrais Hidrelétricas, companhia que opera as usinas Palmeiras e Retiro, entre os municípios de Guará e São Joaquim da Barra, no rio Sapucaí-Mirim.

A partir de consulta da empresa, o parque, que completou 23 anos em março, demonstrou interesse pelo projeto e disponibilizou a área para reflorestamento. Pelo acordo entre as partes, a DEB fará o plantio e manutenção por um período de 24 meses, em locais indicados pelo parque.

Algumas dessas áreas passaram por incêndio, e hoje apresentam alto grau de ocorrência de braquiária, que é uma planta exótica (não nativa) e invasora. Todas as atividades serão acompanhadas pelo parque, que também providenciará os aceiros - faixas de onde a vegetação é retirada, e que servem para evitar a propagação, em caso de incêndios.

"Após 24 meses contados a partir da implantação do reflorestamento, a expectativa é não mais haver necessidade das atividades de manutenção. A área já deverá apresentar indicadores de sustentabilidade da floresta, como cobertura do solo por folhas e restos vegetais e presença de fauna", explica o consultor de Meio Ambiente da DEB, Leandro Feltran Barbieri.

Investimento

Além de R$ 2 milhões que serão investidos no reflorestamento, a DEB está destinando mais R$ 50 mil para o parque melhorar a acessibilidade da trilha do Mirante - a mais visitada -, para que possa receber um carrinho elétrico que permitirá o percurso por cadeirantes e demais portadores de necessidades especiais. O parque possui entre suas atrações um canion com declives de até 200 metros, matas e sete cachoeiras, sendo a Cascata Grande, a maior delas, com uma queda em torno de 15 metros, seguida de outra, de 132 metros, que encanta os turistas.

"O Parque Estadual das Furnas Bom Jesus é um importante patrimônio natural e foi considerado pelo Projeto Biota/Fapesp como uma área prioritária para a conservação e conectividade, dentro do Estado de São Paulo. A grande beleza cênica e sua biodiversidade fomentam o turismo ecológico, possibilitam a realização de pesquisas científicas e atividades de educação ambiental. Para a DEB, é muito importante poder contribuir com a instituição, comenta Rogério Marchetto, gerente-adjunto de Meio Ambiente da companhia.

Histórico

O Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus foi criado pelo Decreto Estadual n.º 30.591, de 12 de outubro de 1989 e desapropriado pelo Decreto n.º 31.644, de 30 de maio de 1990, e início das atividades em 14 de março de 1991.

Ele é uma Unidade de Conservação da Natureza de Proteção integral, possibilitando a realização de Pesquisas científicas e desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

O relevo apresenta-se na forma de canyon, com declives de até 200 metros. As matas e cachoeiras são belezas naturais que atraem o visitante; estas áreas são percorridas por trilhas e alguns pontos de mirantes, localizados no núcleo Santa Luzia e Chapadão.

Belezas

As cachoeiras apresentam acessos, geralmente de média a alta dificuldade. São 7 cachoeiras localizadas em núcleos diferentes, com queda nas escarpas do canyon, sendo a Cascata Grande a maior delas, medindo uma queda em torno de 15 metros, seguida de outra, de 132 metros em queda livre. No parque há uma predominância de alguns tipos de solo: LR Latossolo Roxo, LVA - Latossolo Vermelho Amarelo e Latossolo Amarelo Arenoso.

A geologia, a geomorfologia, o clima, conferem alta diversidade de flora e de fauna ao parque.

Da Redação/DF