Notícia

JC e-mail

Fundações de amparo à pesquisa marcam presença na SBPC

Publicado em 24 julho 2013

A programação da 65ª reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) tem atividades para todos os gostos e idades. A programação científica inclui palestras e mesas redondas sobre diversos temas, com participação de professores de todo o país. Na SBPC Jovem, as atividades buscam despertar o interesse pela ciência e tecnologia por meio de oficinas e salas temáticas. Na SBPC Cultural, estão previstas apresentações de arte regional. E na ExpoT&C, expositores apresentam novas tecnologias, produtos e serviços.

As fundações de amparo à pesquisa (FAPs) trouxeram seus programas e projetos para a ExpoT&C. Nos estandes, os visitantes podem conhecer um pouco do trabalho desenvolvido em cada estado, tiram dúvidas, provam delícias locais e se divertem.

No estande da FAPEMIG, por exemplo, alguns experimentos do projeto Circo da Física, da PUC Minas, atraem a atenção. Um deles é o gerador de Van de Graaff, literalmente de arrepiar os cabelos. O aparelho cria um campo de energia eletrostática e, quando alguém toca sua superfície, sai com os cabelos arrepiados. Outro experimento é o banco que gira, que mostra a alteração do movimento angular de acordo com o espaço ocupado e a maior ou menor resistência do ar.

Os visitantes que passarem pelo estande levam para casa um exemplar da revista Minas Faz Ciência, além de outros brindes da agência mineira. A equipe do programa de comunicação científica da FAPEMIG também está presente no evento produzindo material exclusivo sobre a feira. As reportagens de rádio e TV podem ser acessadas pelo site da Fundação ou pelo blog do projeto: HTTP://fapemig.wordpress.com .

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) trouxe material sobre seus programas e também a revista Inovação. No local, é possível conhecer o projeto de divulgação científica da entidade, que inclui produção de rádio e TV. Já no estande da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), o visitante pode conhecer mais um pouco sobre a agência de notícias e a revista Pesquisa. Também estão sendo apresentados projetos da agência, como a Biblioteca Virtual, que tem como objetivo promover e disponibilizar à sociedade informações sobre os projetos de pesquisa e bolsas apoiados pela Fapesp.

Novas plataformas

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam) também está na ExpoT&C. No espaço que dividem com a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia é possível conhecer um pouco dos projetos e da cultura local. Além disso, estão sendo transmitidas, ao vivo, reportagens sobre a feira para a TV UFAM, da Universidade Federal do Amazonas.

Na tarde de hoje (23), a Fapeam lançou o protótipo da revista digital Amazonas Faz Ciência. Como ressaltou a presidente da Fapeam, Maria Olívia Simão, esse é mais um canal de comunicação com a sociedade. "O objetivo é atingir o público jovem por meio de um conteúdo mais interativo", disse. Na versão mobile, os textos vêm acompanhados por vídeos, áudios de entrevistas e galeria de imagens. Em breve, o aplicativo será disponibilizado, de forma gratuita, a todos os interessados.

Amanhã (24), representantes de quatro FAPs participarão da mesa redonda "A divulgação científica e as FAPs". O debate está marcado para começar às 15h30, no CCSA. Estão confirmadas as jornalistas Luisa Massarani, da Faperj, Edilene Mafra, da Fapeam, Maria das Graças Mascarenhas, da Fapesp, e Vanessa Fagundes, da FAPEMIG.

A ExpoT&C, assim como todas as atividades da SBPC, acontecem até o dia 26 no campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

(Fapemig)

http://www.fapemig.br/fundacoes-de-amparo-a-pesquisa-marcam-presenca-na-sbpc/