Notícia

O Liberal (PA)

Fundação lança programa para jornalismo científico

Publicado em 22 outubro 1999

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) lançou ontem um programa de bolsas para pessoas que queiram fazer cursos de jornalismo científico: o MídiaCiência. O objetivo é estimular a instalação desses cursos no ambiente acadêmico ou fora dele, eventualmente em parceria com empresas de comunicação. "A sociedade brasileira ainda está muito mal informada sobre a ciência produzida no País, que é relevante e de qualidade. Estamos criando esse programa porque é preciso mudar isso", disse José Perez, diretor-científico da Fapesp. "Divulgar ciência é essencial para que a sociedade participe da discussão ética cada vez mais inerente à produção científica", disse Carlos Henrique de Brito Cruz, presidente da fundação. As bolsas serão concedidas a estudantes de graduação e profissionais diplomados que estejam matriculados em cursos de iniciação ao jornalismo científico que, além disso, estabeleçam algum vínculo não remunerado com empresas ou departamentos de comunicação de instituições de pesquisa. Os bolsistas não precisam, necessariamente, ter formação científica ou jornalística e os cursos podem ser de qualquer tipo (pós-graduação latu sensu, de especialização, extensão, etc), desde que cumpram um programa mínimo exigido pela Fapesp. Entre as disciplinas obrigatórias estão metodologia e filosofia da ciência, história da ciência e tecnologia, ética da ciência, temas centrais da ciência contemporânea, modos de organização e financiamento dos sistemas de pesquisa no Brasil e no exterior e, ainda, mídias, linguagens e prática do jornalismo científico. Os bolsistas deverão ainda desenvolver um projeto de pesquisa no campo do jornalismo científico, que resulte em um produto jornalístico.