Notícia

Agência Minas

Fundação João Pinheiro discute fenômeno da violência na sociedade contemporânea

Publicado em 30 novembro 2011

BELO HORIZONTE (30/11/11) - Com o objetivo de discutir a crescente violência na contemporaneidade e suas diversas manifestações, o Núcleo de Estudos em Segurança Pública da Fundação João Pinheiro (FJP) realiza nesta sexta-feira (2) mais uma edição de seu Ciclo de Debates. O evento, que tem como tema "Violência: um fenômeno polissêmico", está marcado para as 14h30, no Auditório Jussara Seixas da Fundação (Alameda das Acácias, 70, 5° andar, São Luís/Pampulha). O debate é aberto ao público, com número de vagas limitado. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por email (nesp@fjp.mg.gov.br).

Nesta edição do Ciclo de Debates, serão apresentados os resultados de pesquisas realizadas no Programa de Pós Graduação em Psicologia Social do Trabalho das Organizações (PG-PSTO) da Universidade de Brasília (UnB).

A palestrante convidada é a doutora em Sociologia e Psicologia Social e professora da Universidade de Brasília, Ana Lúcia Galinkin e, como debatedor, o NESP recebe Luís Alberto de Oliveira Gonçalves, pós-doutor em Sociologia.

Ana Lúcia Galinkin - Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo e pós-doutora em Psicologia Social pela Universidade René Descartes, Paris V, Sorbonne, França. Professora associada da UnB e chefe do Departamento de Psicologia Social e Trabalho do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília.

Luís Alberto de Oliveira Gonçalves - Doutor em Sociologia pela Ecole dês Hautes Études e pós-doutor pela Universidade de São Paulo. Professor associado da UFMG e consultor técnico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Redeminas

Inconfidência

Movimento Minas