Notícia

Revista Museu

Fundação Conrado Wessel entrega premiação da edição 2014

Publicado em 17 junho 2015

SÃO PAULO, São Paulo - O Prêmio Conrado Wessel (FCW) de Ciência, Cultura e Medicina 2014 foi entregue no dia 16 de junho, na Sala São Paulo

O prêmio de Ciência coube ao físico José Goldemberg, do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da Universidade de São Paulo (USP), que integra o Conselho Superior da FAPESP.

Goldemberg foi presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (1979 a 1981), presidente da Companhia Energética de São Paulo (Cesp, de 1982 a 1985), reitor da USP (1986 a 1990), secretário de Ciência e Tecnologia, secretário do Meio Ambiente da Presidência da República e ministro de Estado da Educação do Governo Federal (1991 a 1993) e secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (2002 a 2006).

Foi professor da Universidade de Paris, na França, e de Princeton, nos Estados Unidos, e é autor de artigos e livros sobre Física Nuclear, Energia e Meio Ambiente.
Recebeu os Prêmios KPCB Prize for Greentech Policy Innovators (2007), “Blue Planet Prize” da Asahi Glass Foundation (Japão, 2007), “Trieste Sicence Prize” da Academia de Ciências do Terceiro Mundo (TWAS, em 2010) e Prêmio Zayed de Energia do Futuro (Zayed Future Energy Prize) na categoria Life achievement (2013).

O prêmio de Medicina foi conferido a Protásio Lemos da Luz, pesquisador do Instituto do Coração (InCor) da Faculdade de Medicina da USP.

Formado em medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especializou-se em cardiologia na Faculdade de Medicina da USP e, com bolsa da FAPESP, estagiou dois anos no Hollywood Presbiterian Medical Center, ligado à Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles.

Doutorado, ocupou posição de pesquisador no setor de cardiologia do Cedars-Sinai Medical Center, da Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

Voltou ao Brasil em 1976, mais precisamente para Faculdade de Medicina da USP como professor livre-docente. Instalou um laboratório de pesquisa experimental com modelos animais no InCor, direcionando seus estudos para o infarto do miocárdio, aterosclerose e à formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos, tendo publicado mais de 420 trabalhos científicos.

O Prêmio FCW de Cultura foi entregue à atriz Fernanda Montenegro, que atuou em mais de 50 peças de teatro, 30 novelas e minisséries e 15 filmes e que, ao longo de seus 70 anos de carreira, foi laureada com mais de 35 prêmios, além de uma indicação ao Oscar de melhor atriz, em 1999.

No mesmo evento foi entregue o Prêmio FCW de Arte ao fotógrafo Gabriel Monteiro que retratou homens e mulheres que transformaram objetos comuns em equipamentos de defesa para resistir à ordem de despejo de uma área invadida pela Polícia Militar, em 2012.

A edição de julho da revista Pesquisa FAPESP trará um encarte especial sobre a premiação e um perfil de cada um dos premiados.

Fonte: Agência FAPESP