Notícia

RuralBR

Fundação Bungue irá premiar trabalhos acadêmicos sobre Produtividade Agrícola Sustentável

Publicado em 05 maio 2014

Universidades e entidades culturais e científicas brasileiras podem indicar, até 30 de maio, seus candidatos ao Prêmio Fundação Bunge 2014, que este ano elegeu as áreas de Ciências Agrárias e Artes como foco da premiação. No campo das Ciências Agrárias, serão contemplados os melhores trabalhos relacionados ao tema Produtividade Agrícola Sustentável.

Os candidatos não são inscritos, mas sim indicados por dirigentes de universidades e entidades culturais e científicas. Uma Comissão Técnica, composta por cinco membros, sendo um do exterior, em cada área de premiação, seleciona os pesquisadores em cada ramo do conhecimento na categoria "Vida e Obra", indicando-os para a decisão do Grande Júri. No caso dos jovens talentos, a Comissão Técnica escolhe diretamente os homenageados do ano.

– Os novos processos de produção precisam levar em consideração não só a produtividade, mas também a conservação do meio ambiente – diz Adalberto Luis Val, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e conselheiro da Fundação Bunge, sobre a escolha do tema da área de Ciências Agrárias.

Os premiados na categoria “Vida e Obra” receberão diploma, medalha e R$ 135 mil pelas pesquisas já consolidadas que tenham alcançado projeção em sua área. A categoria “Juventude” reconhecerá trabalhos de jovens com até 35 anos e concederá, além do diploma e da medalha, R$ 50 mil.

O resultado será anunciado em 25 de julho. A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 22 de setembro, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. No dia seguinte, a Fapesp realizará um seminário internacional sobre produtividade agrícola sustentável, em parceria com a Fundação Bunge.

COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA FAPESP