Notícia

Portal Exame

Frutas pouco conhecidas são fontes promissoras de compostos bioativos

Publicado em 23 outubro 2018

Por Elton Alisson, da Agência FAPESP
O sucesso que o açaí (Euterpe oleracea) obteve no Brasil e em diferentes partes do mundo nos últimos anos teve a contribuição do belga Yvan Larondelle, professor da Faculdade de Bioengenharia da Universidade Católica de Louvain (UCL). O pesquisador foi um dos primeiros a estudar a fruta de origem amazônica e revelar que ela é extremamente rica em compostos fenólicos antioxidantes – substâncias como os polifenóis, presentes no vinho tinto, com efeitos positivos sobre doenças cardiovasculares. “Um copo com 250 mililitros de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.