Notícia

IG

Fronteira giratória

Publicado em 05 setembro 2007

Agência Fapesp

Um aluno do terceiro ano do curso de engenharia eletrônica do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos (SP), foi o único estudante de graduação a receber um dos cinco prêmios distribuídos durante a 1ª Conferência Internacional de Materiais e Tecnologias Spintrônicos, realizada de 7 e 10 de agosto na Inglaterra.

Ronaldo Rodrigues Pelá, estagiário do Laboratório de Guerra Eletrônica do ITA, recebeu US$ 500 após ter concorrido com mais de cem alunos de graduação e pós-graduação de outros países. O estudante apresentou o trabalho Modelando um transistor spintrônico, desenvolvido com orientação da professora Lara Kühl Teles, do Departamento de Física da Divisão de Ciências Fundamentais do ITA. O trabalho teve apoio da FAPESP por meio de bolsa de iniciação científica.

A spintrônica é uma tecnologia emergente que explora a propensão quântica ao movimento de rotação característica dos elétrons (spin significa "girar" em inglês), fazendo uso do estado de suas cargas. Segundo Lara, o avanço dos dispositivos transistorizados e a crescente integração de componentes em escalas cada vez menores tornaram necessário um meio mais eficiente de troca de calor que, em contrapartida, diminua a energia dissipada.