Notícia

JC e-mail

França descobre ciência e tecnologia do Brasil

Publicado em 06 dezembro 2002

Grupo de jornalistas franceses chega ao Brasil nesta sexta-feira A Comunidade Européia descobriu o novo estágio do desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro. Depois de aceito como associado da rede européia de prospecção tecnológica ESTO, o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) recebe uma delegação de jornalistas franceses, especializados em assuntos de tecnologia e informação, que vem ao Brasil para reunir dados sobre o que há de mais inovador na ciência nacional . O grupo, que será recebido nesta sexta-feira, pelo presidente do CGEE, Evando Mirra - também é composto por jornalistas brasileiros especializados na área. A idéia, além de tomar conhecimento das inovações institucionais altamente significativas ocorridas no país, é estabelecer uma parceria para melhorar a cobertura da imprensa especializada dos dois países. 'A Comunidade Européia e, especialmente a França, já perceberam que o patamar científico-tecnológico do Brasil mudou e merece ser acompanhado de perto', comentou Mirra. O CGEE é uma Organização Social - sem fins lucrativos- e foi criado durante a Conferência de Ciência e Tecnologia realizada no ano passado. Tem, entre seus principais objetivos, gerar informações de qualidade para o fomento da ciência, tecnologia e inovação no país. Desde sua instalação, promoveu mais de 80 seminários, workshops e palestras, com a participação de quase duas mil pessoal e concluiu mais de 40 avaliações de programas e projetos, diretrizes estratégicas e estudos técnicos. Também participou de diversos eventos ligados à criação e suporte técnico dos Fundos Setoriais (abriga as secretarias técnicas) e estabeleceu uma série de parcerias nacionais e internacionais. Além dos franceses, o Centro também desperta a atenção de pesquisadores de outros países, especialmente americanos. Um dado revelador é o número de internautas que recorreram ao site do CGEE (http://www.cgee.org.br) que reúne estudos, projetos em andamento e notícias sobre o que é produzido pelo Centro ou com o apoio dos Fundos Setoriais: foram 26.803 acessos vindos de 20 países desde a criação do endereço eletrônico, sendo, desse total, 18.765 brasileiros, 7.391 americanos e 726 portugueses. A Missão de Jornalistas Científicos Brasil/França é composta por representantes dos franceses Le Figaro, La Recherche, Sciences et Avenir e Sciences et Vie e dos brasileiros O Estado de SP, Folha de SP, Scientific American-Brazil, Unb Revista e Revista da Fapesp. Em Brasília, além do CGEE o grupo participará de uma mesa redonda sobre a Amazônia, na Universidade de Brasília. Depois, segue para Feira de Santana (BA), para uma visita ao Centro de Pesquisa em Terras Semi-áridas. Em Recife, a delegação visitará o Centro Nuclear e o Projeto Porto Digital. A programação também inclui uma visita ao Laboratório de Imunologia ZATZ, na capital paulista e ao Laboratório Nacional de Luz Sincroton (LNLS),em Campinas. (Assessoria de Comunicação do CGEE) JC e-mail