Notícia

Fundep - Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa

França condecora pesquisadores brasileiros

Publicado em 09 julho 2007

A entrega foi feita durante o evento Goutez la France!, organizado pelo Escritório Politécnico Internacional da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), no dia 22 de junho.

A Ordre des Palmes Académiques é concedida pela França desde o período de Napoleão (1769-1821). Originalmente, as palmas eram concedidas apenas a professores da Universidade de Paris, mas em 1866 o escopo foi ampliado para incluir importantes contribuições feitas para a educação francesa, inclusive por entrangeiros. 

Plonski é coordenador do Núcleo de Política e Gestão Tecnológica da USP, além de professor titular do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) e professor associado do Departamento de Engenharia de Produção da Poli.

Durante seu mandato de diretor-superintendente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), de 2001 a 2006, apoiou ações de cooperação com a França por meio da criação do Centro Tecnológico de Compósitos (Cetecom), inspirado nos Centros Regionais de Inovação e Transferência de Tecnologia franceses. Também incentivou a cooperação entre laboratórios do IPT e empresas francesas em busca de novas tecnologias.

Como presidente da Comissão de Cooperação Internacional da Faculdade de Medicina da USP, Marcelo Mester desenvolveu e assinou acordos de cooperação entre a faculdade e a Assistance Publique — Hôpitaux de Paris, que consistem em enviar residentes de medicina para efetuar estágios de seis meses a um ano em hospitais parisienses. Em três anos, 30 residentes foram para a França.

Fonte: Agência FAPESP