Notícia

ZooNews

Fórum Econômico Mundial destaca inovação de empresa brasileira

Publicado em 03 setembro 2013

A empresa Bug Agentes Biológicos, com sede em Piracicaba, interior do Estado de São Paulo, foi uma das 36 startups consideradas "pioneiras em tecnologia" pelo Fórum Econômico Mundial. Fundada por estudantes de pós-graduação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP), com apoio do Programa Fapesp Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), a empresa produz e vende agentes de controle biológico, como vespas que parasitam ovos de pragas das culturas de cana-de-açúcar e soja.

Em 2012, a empresa foi considerada uma das mais inovadoras do mundo pela revista americana Fast Company.

"É um orgulho muito grande ser o único representante brasileiro entre as empresas mais inovadoras do mundo", disse Diogo Carvalho, CEO da Bug. "Somos pioneiros no uso de insetos para controle de pragas em plantações de soja e cana-de-açúcar. Para nós, é muito importante o reconhecimento de uma organização internacional como o Fórum Econômico Mundial."

O programa "Technology Pioneers" do Fórum Econômico Mundial elege, desde o ano 2000, as startups mais inovadoras de todo o mundo, envolvidas com design, desenvolvimento e implantação de novas tecnologias. A nomeação oficial das empresas escolhidas este ano pelo programa ocorrerá durante a Reunião Anual de Novos Campeões, na China, em 12 de setembro de 2013.

Mais informações sobre o programa Technology Pioneers do World Economic Forum no site www.weforum.org/techpioneers.

FONTE

Agência Fapesp