Notícia

Universia Brasil

Flávia Cristina Nery vence Prêmio Capes de Tese 2006

Publicado em 06 novembro 2006

Por Thiago Romero, Agência FAPESP

Flávia Cristina Nery, doutora em genética e biologia molecular pelo Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é a ganhadora do Prêmio Capes de Tese 2006, na área de ciências biológicas.
O objetivo do prêmio, concedido anualmente pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), é homenagear as melhores teses de doutorado aprovadas em cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) em 38 áreas do conhecimento.
O trabalho de Flávia, que atualmente desenvolve pós-doutorado na Harvard Medical School, em Boston, nos Estados Unidos, é intitulado Estudos funcionais e estruturais da proteína reguladora humana Ki-1/57. O orientador, Jörg Kobarg, é pesquisador do Centro de Biologia Molecular Estrutural do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas (SP), onde Flávia desenvolveu todo o trabalho experimental que deu origem à tese. Cinco artigos foram publicados em revistas internacionais a partir dos resultados da pesquisa, que teve apoio da FAPESP.
O trabalho apresentado por Flávia identifica funções da Ki-1/57, uma proteína isolada de linfoma de Hodgkin, mas da qual pouco se sabe. O estudo verificou semelhanças da Ki-1/57 com oncoproteínas, proteínas envolvidas na perda do controle do ciclo celular, que levavam as células a se tornar cancerosas.
"Mutações em genes que controlam o ciclo celular transformam esses genes em oncogenes, que passam a codificar proteínas modificadas, chamadas de oncoproteínas. Essas modificações são características de células cancerosas", explica a pesquisadora.
A solenidade de premiação será realizada no dia 9 de novembro, às 9h, em Brasília, onde Flávia receberá um diploma, uma medalha e uma bolsa de pós-doutorado nacional. A lista completa dos ganhadores será anunciada pela Capes na segunda-feira (6/11).
A tese de Flávia foi automaticamente inscrita no Grande Prêmio Capes de Teses, que escolherá três trabalhos, um de cada conjunto de grandes áreas. Os escolhidos ganharão diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado internacional. [FAPESP]