Notícia

Baguete

Físico gaúcho presidirá Ceitec

Publicado em 29 julho 2010

O físico gaúcho Cylon Gonçalves da Silva foi nomeado o novo presidente do Ceitec pelo presidente Lula nesta quinta-feira, 29.

Nascido em Ijuí, o profissional tem 63 anos e é PhD em física pela Universidade da Califórnia, Berkeley. Seus últimos trabalhos foram como diretor de desenvolvimento da Editora Oficina de Textos e coordenador adjunto da Diretoria Científica da Fapesp, em 2009.

Entre 2004 e 2005, o Silva foi secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Junto ao Ministério, coordenou estudo para a criação do Centro Nacional de Referência em Nanotecnologia (sediado em Campinas) e foi consultor do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). Foi o coordenador do Livro Verde da Ciência - Sociedade da Informação no Brasil, (resultado da 1ª Conferência Nacional de C&T, em 2001).

No período 1978/1980 foi Maître-Assistant, depois Professor Visitante, na Universidade de Lausanne e Pesquisador Visitante na École Normale Supérieure (Paris). Em 1985/1986, foi Pesquisador Visitante na IBM, Yorktown Heights.

De volta ao Brasil, ainda em 1986, o professor Cylon, como é mais conhecido, coordenou a implantação do Laboratório Nacional de Luz Sincontron para o CNPq.

Grande parte da sua produção científica é dedicada a pesquisas sobre propriedades magnéticas e eletrônicas de materiais e a estudos sobre super-redes semicondutoras semi-magnéticas. Tem cerca de 70 artigos publicados, cinco livros editados e inúmeras comunicações em congressos.

O físico foi o iniciador da série de conferências da Escola Brasileira de Física de Semicondutores. Foi membro do Comitê de Programa da Conferência Internacional de Física dos Semicondutores.