Notícia

Agrosoft

FIQUE EM CASA, MAS NÃO FIQUE PARADO

Publicado em 09 julho 2020

Fonte: USP

Entre os efeitos colaterais das medidas de isolamento social para conter a COVID-19 está o aumento do sedentarismo, que pode contribuir para a deterioração da saúde cardiovascular mesmo em curtos períodos de tempo.

Idosos e portadores de doenças crônicas tendem a ser os mais afetados, alertaram pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP em estudo apoiado pela FAPESP.