Notícia

Gazeta do Povo online

Filtro verde ajuda crianças com dislexia a ler mais rápido

Publicado em 23 novembro 2018

Um teste de leitura feito com 36 crianças usando filtros coloridos constatou que uma sobreposição de filtro verde pode aumentar a velocidade de leitura de crianças com dislexia. As crianças tinham entre nove e dez anos e metade delas é diagnosticada com dislexia. O estudo é parte de uma pesquisa maior sobre dislexia e pode servir de base para estudos futuros relacionados.

O experimento consistia em pedir às crianças que lessem diferentes trechos de textos ora com filtro verde, ora com filtro amarelo e também sem filtro. O estudo, no entanto, não investigou a compreensão do texto pelas crianças com e sem dislexia.

O teste constatou que crianças com dislexia conseguiram fixar trechos de palavras ou de frases por 500 milésimos de segundo com o filtro verde, enquanto sem o filtro, a leitura levava 600 milésimos de segundo. Para as crianças sem dislexia, o uso de filtros não mudou nada: os resultados apontaram 400 milésimos de segundo nas leituras sem filtro ou com filtros amarelo ou verde.

A captação de dados de leitura foi através do Eye Tracker, óculos com duas câmeras que gravam o movimento dos olhos e onde o olhar se fixa. O aparelho coleta esses dados para que os pesquisadores avaliem a atividade.

Uma das principais conclusões do estudo é de que o filtro verde pode ter facilitado a atividade cortical e diminuiu as distorções visuais para a criança com dislexia.

O resultado foi publicado na Research in Developmental Disabilities por seis autores na edição de dezembro de 2018 (é comum as edições dos periódicos científicos ficarem disponíveis on-line antes da data que levam na capa). A primeira autora do artigo — “Effect of colored filters on reading capabilities in dyslexic children” — é Milena Razuk, doutora pela Universidade Cruzeiro do Sul, e que realizou a pesquisa no Hospital Robert Debret, em Paris, durante o estágio de pesquisa na Université Paris Diderot-Paris 7 com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

O que é dislexia

A dislexia é uma condição neurológica que afeta a leitura, escrita e soletração. A dificuldade com as palavras se dá ao relacionar a linguagem escrita com a falada e pode ser hereditária, variando o grau de pessoa para pessoa. Apesar de a dislexia tornar a leitura mais lenta, a condição não está ligada a mau desenvolvimento do cérebro, escolaridade ou dificuldade na aprendizagem.