Notícia

Jornal do Brasil online

Filme de Selton Mello é premiado em Festival de Cinema da Bahia

Publicado em 19 setembro 2007

Agência JB

A noite de encerramento da 34ª Jornada Internacional de Cinema da Bahia movimentou a capital baiana nesta terça-feira (18). O público lotou o Cinema do Museu, que fica no bairro da Vitória, e conferiu a entrega do Tatu de Ouro e Prata aos vencedores do concurso "Afro-Ibero-Americano de Filme e Vídeo", que acontece tradicionalmente durante o evento.

Dos 107 trabalhos que disputaram uma das 17 categorias, o Brasil foi o país que mais foi premiado: 14 homenagens, entre troféus e prêmios. O segundo colocado foi a Espanha com oito troféus, entre eles, o de Melhor Filme Ficção (Nasija, de Guilhermo Rios) e o de Melhor Filme Animação (El Viaje de Said, de Coke Rioboo) . O Peru ficou em terceiro lugar e abocanhou o Prêmio de Melhor Filme Documentário, com "Alguna Tristeza", de Juan Alejandro Ramirez.

O primeiro filme dirigido por Selton Mello, "Quando o tempo cair", levou o Tatu de Prata de Melhor Ator com a interpretação de Jorge Loredo. Já a produção baiana, "Batatinha e o Samba Oculto da Bahia", de Pedro Abib, foi premiado duas vezes: Melhor Vídeo Documentário e Prêmio Walter da Silveira.

O júri - O Júri Oficial da Jornada contou com a presença de 10 personalidades renomadas e importantes para o cinema mundial, como Eric Nepomuceno - escritor e jornalista; Rudá de Andrade, escritor e cineasta; Jorge Aguirre - cineasta cubano; Bráulio Tavares - escritor e compositor; Regina Abreu - antropóloga e produtora; Ricardo Casas - cineasta uruguaio; Mariluce Moura - jornalista e editora da Revista FAPESP; Almandrade - poeta e artista plástico; Inês de Medeiros - atriz e realizadora portuguesa; Javier Corcuera - realizador e produtor peruano radicado em Madrid.

A 34ª Jornada Internacional de Cinema da Bahia foi patrocinada pela Petrobras, co-patrocinado pela Secretaria do Audiovisual e pelo Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e conta com o apoio do Banco do Nordeste.

Sobre a Jornada - A Jornada Internacional de Cinema da Bahia é o mais tradicional evento audiovisual do Estado e de todo Norte-Nordeste e já faz parte do calendário cultural do mundo cinematográfico. O evento ocorreu, este ano, de 12 a 18 de setembro e tem como lema "Por um Mundo Mais Humano". O objetivo do encontro é sempre divulgar as novas produções audiovisuais independentes afro-ibero-americanas.

Participaram da disputa filmes produzidos na América Latina, Portugal, Espanha e países africanos de língua portuguesa, concluídos a partir de junho do ano passado e obras recentes de outros países como Estados Unidos, França, Itália e Hungria, que abordam a realidade latino-americana.