Notícia

Planeta Universitário

FFLCH discute os 50 anos do golpe de 1964

Publicado em 24 janeiro 2014

Marcando os 50 anos do início do último regime autoritário no Brasil, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP) promove, nos meses de março e setembro, o ciclos de debates “FFLCH discute os 50 anos do golpe de 1964”. Os ciclos são organizados por diferentes departamentos e têm como proposta discutir o tema sob diversos ângulos. Nos dias 19 e 20 de março, o Departamento de Ciência Política, o Centro de Estudos da Democracia Contemporânea (Cedec) e o Centro de Estudos dos Direitos da Cidadania (Cenedic) participam de discussões com o tema “Colapso do populismo?”.

 

Entre os conferencistas estrangeiros, Alex Keyssar, da Harvard University, proferirá a palestra “O debate histórico contemporâneo sobre o populismo nos EUA”. Francisco de Oliveira (USP), Francisco Weffort (USP), Marcelo Ridenti (Universidade Estadual de Campinas) e Wanderley Guilherme dos Santos (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) debaterão “A crise do populismo vista meio século depois”.

 

No período de 24 a 27 de março, integrantes do Departamento de História da USP, da Escola de Artes e Ciências Humanas da USP, da Brown University, dos Estados Unidos, e da Associação Nacional de Pesquisadores de Histórias das Américas (ANPLHAC) debaterão “O golpe de 1964 e a onda autoritária na América Latina”.

 

O Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas abordará “O golpe de 1964 e a literatura brasileira” entre 17 e 19 de setembro.

 

Todos os debates são gratuitos e abertos aos interessados, sem necessidade de inscrição.

 

Mais informações: http://fflch.usp.br/50anos_golpe_64

 

Agência FAPESP