Notícia

Jornal Primeira Página online

Ferrão invoca acordo da ONU pra salvar São Carlos

Publicado em 16 outubro 2020

Virgem na política, o publicitário Sérgio Ferrão (Republicanos) confecciona um programa de gestão com promessas e prazos estabelecidos. “Devemos levar em consideração outros fatores operacionais e estratégicos para São Carlos, lembrando principalmente, que o foco é o cidadão e não somente a remuneração dos governantes ou o lucro das organizações”, esclareceu o documento. “Um dos piores hábitos criados é o de só reclamar, apontar e criticar de maneira ofensiva e não o de participar com propostas construtivas e de maneira efetiva e constante, na condução dos problemas da cidade”, complementa.

Rejeitando a alcunha de político e exaltando a sua experiência como síndico de condomínio e presidente de clube social, além de pai, Ferrão salienta que o seu projeto deve perdurar por cerca de 16 anos para chegar a algum denominador comum. “Nossa meta vai muito além dos 4 anos, sem bandeiras partidárias ou grupos de interesses englobando muitas estratégias para as próximas gerações”, avalia o texto. “Nosso projeto não passa de um esboço, onde estamos completamente abertos para a inserção de outras ideias e propostas buscando ampla participação do cidadão são-carlense”, conclui.

Nos setores estudados pela equipe do Primeira Página, o documento aponta:

Estrutura Administrativa: reduzir o número de secretarias fundindo departamentos e extinguindo inúmeros cargos de confiança. Preencher cargos de direção e chefias mediante análise de currículo sempre priorizando o servidor de carreira. Auditar todos os contratos vigentes buscando convênios com CRC-SP, OAB-SP, CREA-SP e outros órgãos. Modernizar o Portal da Transparência divulgando todos os pagamentos e as receitas do município. Renegociar os aluguéis da Prefeitura e reduzir os valores dos atuais contratos. Criar uma Ouvidoria especializada em tratamento rápido e eficiente evitando assédio moral dos cargos de chefia. Dividir a cidade em oito regiões administrativas com integração com o SIM. Criar um Conselho Consultivo para implantar o projeto Prefeito nos bairros. Revisar o Plano Diretor revendo a Planta Genérica de Valores (PGV). Informatizar toda Prefeitura propondo um novo Portal de Compras.

Educação: elaborar parcerias e convênios com FAPESP, CNPq, USP, UFSCar e UNICEP visando a implementação de atualizações das atividades curriculares junto aos alunos da rede municipal de ensino. Zerar e manter as vagas para todas as crianças, com opções de escolha dos melhores locais para os pais, facilitando de acordo com a proximidade da residência ou local de trabalho. Oferecer programa de aperfeiçoamento a todos os profissionais da educação, por meio de convênio com as USP, UFSCar e FAPESP. Melhorar a infraestrutura de todas as escolas públicas municipais com modernização dos espaços de esportes e lazer para uso por toda a comunidade aos fins de semana e feriados. Distribuição gratuita e garantida, até 15 de março, dos uniformes para todos os alunos, em quantidade suficiente para uso por toda a semana e durante todo o ano letivo. Melhor qualidade e variedade dos alimentos da merenda, inclusive no período de férias escolares com incentivo a produtores locais de alimentos e hortaliças com garantia de qualidade. Implementar salas de informáticas nas escolas e espaços de uso público. Incentivar e divulgar os cursos e atividade da FESC para acesso a toda comunidade. Zerar e manter as vagas para o ensino de jovens e adultos (EJA) e planejar estudo em escolas próximas à sua residência. Elaborar e incentivar a alfabetização de adultos (AMA) com meta de zerar definitivamente o analfabetismo no município em até 4 anos. Elaborar projetos, palestras e acesso a informação de políticas públicas para jovens e adolescentes, com temas referentes às doenças sexualmente transmissíveis, gravidez na adolescência, violência, bullying e o consumo de álcool e drogas nessa fase. Promover a acessibilidade dos prédios das escolas municipais e bibliotecas.

Esporte & Cultura: incentivar campeonatos esportivos em nível municipal pra incentivo a prática de esportes na cidade e prospecção de atletas de nível olímpico. Incentivar projetos esportivos de inclusão social com potencial para formação esportiva e apoiar projetos voltados à comunidade. Ampliar os profissionais de Educação Física na rede pública para utilização de escolas em finais de semana realizando atividades de lazer e esporte. Elaborar programas de exercícios em áreas públicas, manhã e final de tarde. Incentivar e apoiar os projetos voltados aos atletas com necessidades especiais. Planejar, reformar e conservar todos as áreas públicas para práticas esportivas. Elaborar campeonatos municipais de diversos esportes e a criação de “Olímpiada Municipal” entre escolas públicas e particulares de 7 a 14 anos. Elaborar e incentivar a atividade física para a 3ª idade. Criar programação rotativa de atividades culturais nas praças, com grupos, ONGs e instituições privadas de música, teatro, dança e cineclubes para incentivar a cultura nos bairros mais carentes, incentivando os artistas da cidade. Ampliar parcerias com o governo estadual para colocar São Carlos na rota dos eventos culturais estaduais, virada cultural e outros.

Saúde: auditar a Santa Casa pra garantir o uso consciente e correto dos recursos públicos e evitar desvios de dinheiro. Otimizar e investir adequadamente os recursos da Saúde. Fazer levantamento de todas as unidades e ver os materiais necessários que faltam para um melhor atendimento. Planejar reformas das UBSs, USFs, UPAs, CAPSs e CEME com economia da reforma administrativa, sendo que não será construída nenhuma até que todas estejam funcionando perfeitamente. Implementar condições de trabalho digno aos profissionais, novas escalas, novos uniformes e material digno para a execução de seu trabalho. Modernização e informatização plena do sistema de gestão, logística e distribuição de remédios. Rever e fazer estudo sobre o atendimento de deslocamento de urgência com foco na melhoria do atendimento da população com maior necessidade, estudando também, a viabilidade de mudar o porte da UPA da Vila Prado. Informatizar consultas e agendamentos com profissionais. Disponibilizar área para construção do novo prédio AME Focar na saúde preventiva com promoção de saúde através dos médicos da família. Zerar a fila de cirurgia eletivas com mutirões com convênio da Prefeitura com entidades de Saúde Particular da cidade. Investir na capacitação de profissionais para o cadastro do E-SUS. Implantar Fitoterapia, Psicologia e Terapia Ocupacional gratuita nas USFs e UBSs. Desenvolver programa de apoio à maternidade e paternidade nas USFs, planejamento familiar, gestação, parto e cuidados com o pós parto e vacinação. Ampliar o atendimento à saúde mental, idosos, psicossocial e portadores de necessidades especiais. Fazer campanhas durante todo o ano sobre as prevenções e combate à dengue com foco na minimização dos casos na cidade e metas rígidas de reduções. Ampliar o atendimento nos distritos de Água Vermelha e Santa Eudóxia com ampliação das unidades de Saúde desses distritos. Ampliar atendimento do Hospital Universitário a toda a população. Realizar estudos e projetos de criação do Hospital na Zona Sul para atendimento mais eficiente da população desta região.

Transporte Público: finalizar a licitação do Transporte Público convocando a participação ativa do Ministério Público. Seguir o plano de Mobilidade Urbana implantando novas rotas de descentralização, com estações de integração nos bairros. Regularizar o moto taxi e o transporte por aplicativo.

Obras & Zeladoria: projetar e fazer parceiras e convênios junto aos Governos Estadual e Federal para recuperação de redes e ampliação do sistema. Realizar estudo pra atualizar e promover ações de modernização da rede de abastecimento de água elimando vazamentos de água pluvial e minimizando eventos de manutenção do sistema. Implementar a informatização na rede de água para a detecção de vazamentos. Rever toda rede e criar iniciativas para eliminar a falta de água em todas as regiões de São Carlos, com a participação da sociedade civil e da rede de escolas municipais e particulares. Modernizar o sistema de tratamento de esgoto sanitário com priorização de regiões isoladas ou que não tenha viabilidade de integração à rede pública para atingimento de coleta e tratamento de esgoto em 100% dos domicílios. Estimular o projeto da Embrapa que visa o tratamento de esgoto via fossa séptica com o reaproveitamento da água. Auditar o recape das ruas e estudar a reativação da fábrica de asfalto aumentando a qualidade e minimizando ações de manutenção das vias e transtornos no trânsito. Disponibilizar bloquetes recicláveis gratuitos para padronização de calçadas antigas ou que dificulte a mobilidade de idosos e cadeirantes. Elaboração de estudo junto à USP, UFSCar e UNICEP para implementação de ações para eliminação completa dos eventos de enchentes nos pontos críticos da cidade (baixada do mercado, rotatória do Cristo, praça do Kartodromo, dentre outros). Elaborar projeto junto à USP, UFSCar e UNICEP para conter erosões nas marginais, diminuir o fluxo de água ou velocidade em caso de chuva. Fortalecer e incentivar a coleta de materiais recicláveis pela cooperativa (tampinhas, pet, óleo de cozinha entre outros). Implementar e executar o Plano de Resíduos Sólidos. Ampliar e modernizar a fábrica de bloquetes com resíduos da construção civil para uso racional e ecológico dos rejeitos de construção. Criar campanhas de incentivo a cidadania visando a reciclagem de materiais. Ampliar e modernizar os Ecopontos implementando uma consciência ecológica e de proteção ambiental no município. Realizar um estudo de logística rotacional pra manutenção das áreas públicas. Elaborar junto as universidades um projeto de paisagismo em toda cidade. Incentivar alunos e projetos em espaços públicos de baixo custo. Modernizar todas as praças e espaços públicos de acordo com a ONU tornando espaços de interação e autossustentáveis, com energia fotovoltaica e reaproveitamento da água das chuvas. Criação de espaços pet e hospital municipal público veterinário.