Notícia

Jornal Brasil

Ferramentas desenvolvidas pelo CGEE

Publicado em 09 janeiro 2016

O Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE/MCTI) desenvolveu uma série de ferramentas e métodos que auxiliam tomadores de decisão a avaliar investimentos em projetos tecnológicos. O conjunto de medidas servirá para auxiliar esses profissionais tenham subsídios para assumir o risco tecnológico associado a novos projetos.

O presidente do Centro, Mariano Laplane, destacou que, nas mãos de especialistas, essas ferramentas podem ajudar a priorizar iniciativas, antecipar problemas, gerir projetos e avaliar o impacto das ações. "Em um momento de escassez relativa de recursos, a contribuição potencial desse pacote é elevada", disse.

A iniciativa faz parte da atividade de Observatórios de Tecnologias do CGEE. De acordo com o assessor técnico Thyrso Villela, as ferramentas desenvolvidas podem ser aplicadas em vários campos do conhecimento, facilitando o gerenciamento tecnológico. Uma delas é a de mapeamento de recursos humanos.

"Por exemplo, algumas tecnologias, dependendo do projeto, não estão disponíveis no País. Por isso, essa ferramenta ajuda a identificar profissionais no Brasil que possam contribuir para o esforço de dominar tecnologias críticas de interesse de setores estratégicos", afirmou.

Encaminhamento

O Centro está divulgando as vantagens do uso desses instrumentos junto a diversas instituições do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. Eles foram recentemente apresentados à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e para pró-reitores de Pesquisa das universidades estaduais e federais paulistas.

Além da Fapesp, o CGEE já apresentou essas e outras ferramentas de inteligência tecnológica a instituições como a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCTI) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Fonte CGEE/MCTI