Notícia

Diário da Manhã (RS, Passo Fundo) online

Fepagro investiga presença de carrapatos resistentes no gado

Publicado em 02 maio 2012

A infestação por carrapatos causa prejuízos anuais aos produtores de cerca de US$ 2 bilhões devido à menor produção de leite.

O Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor (IPVDF), unidade da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), em Eldorado do Sul, incluiu o exame de resistência a ivermectina entre os testes de rotina realizados em amostras de carrapato bovino enviadas para análise. A ivermectina é uma droga extensivamente usada no Brasil contra o parasito, considerado a praga mais importante para o rebanho bovino no país.

Pesquisa do veterinário Guilherme Klafke, do IPVDF, demonstrou a presença disseminada de carrapatos resistentes a ivermectina no estado de São Paulo. Resultados preliminares obtidos na pesquisa também indicam a ocorrência de carrapatos resistentes no Rio Grande do Sul.

A distribuição das populações resistentes deve ser determinada ao longo deste ano e de 2013. O primeiro relato de resistência a essa classe de drogas foi divulgado em 2001, com o trabalho do também pesquisador do IPVDF João Ricardo Martins.

No Brasil, a infestação por carrapatos causa prejuízos anuais aos produtores de cerca de US$ 2 bilhões devido à menor produção de leite, redução no ganho de peso, danos ao couro, transmissão de doenças e aos custos com o controle, entre outros.

"A realização do exame de resistência é importantíssimo para a indicação do produto mais adequado ao controle, dentro de um sistema racional de utilização de carrapaticidas", comenta Klafke, cuja pesquisa foi apresentada como tese de doutorado na Universidade de São Paulo (USP), em 2011.

O tema foi discutido no IPVDF no último dia 19, quando Klafke apresentou os resultados de sua tese (que contou com apoio do CNPq e da Fapesp) aos demais pesquisadores.

O trabalho pode ser parcialmente conhecido através do artigo "Applicability of in vitro bioassays for the diagnosis of ivermectin resistance in Rhipicephalus microplus (Acari: Ixodidae)", publicado em edição recente da revista Veterinary Parasitology (disponível no link HTTP://dx.doi.org/10.1016/j.vetpar.2011.09.018) e na versão on-line completa da Tese (http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-26102011-091517/).

Fonte: Diário da Manhã - Passo Fundo - RS