Notícia

Jornal do Estado (PR) online

Fêmea dos canários controla tamanho do ovo

Publicado em 18 junho 2006

Agência FAPESP

A fêmea dos canários (Serinus canaria) tem controle sobre o tamanho do ovo que irá botar. Mais do que isso. O estímulo para que esse ovo seja maior vem exatamente do canto dos machos. Quanto mais atrativo eles soam para as fêmeas, maior será o resultado depois, no ninho.
A conclusão é de um estudo realizado com 45 fêmeas domesticadas, feito por pesquisadores da Universidade de Londres, na Inglaterra, e do Instituto Max Planck, na Alemanha. Os resultados foram publicados pela revista Ethology.
Outro dado constatado pelo experimento europeu: o controle das fêmeas é seletivo porque, além do tamanho, elas podem influenciar no sexo da ninhada, fato que não foi observado no mesmo experimento.
Como os pesquisadores já sabem que o canto dos machos influi na sexagem dos filhotes, fica claro agora que os dois mecanismos agem de forma separada. Um deles desencadeia um ovo maior e outro o nascimento de um maior número de machos.
Ao lado do grupo que ouviu sons mais atrativos, os pesquisadores fizeram o mesmo estudo com um outro conjunto de aves. Mas, nesse caso, eles ouviram sons considerados comuns. Os resultados não foram os mesmos obtidos com as demais fêmeas.
O artigo Male song quality, egg size and offspring sex in captive canaries (Serinus canaria), de Stefan Leitner, Rupert C. Marshall, Bernd Leisler e Clive K. Catchpole, pode ser lido por assinantes em www.blackwellpublishing.com/eth.