Notícia

Folha de S. Paulo

Farmacêuticas estrangeiras são as que mais contribuem com a pesquisa no país

Publicado em 01 outubro 2018

Por Beatriz Maia
As empresas que mais contribuem com as pesquisas feitas por universidades brasileiras são estrangeiras e do ramo farmacêutico. A conclusão é de levantamento feito pelo RUF que considerou publicações científicas feitas em parceria entre companhias e instituições de ensino de 2011 a 2015. Entre as 60 empresas que se juntaram com universidades para pesquisa no período analisado, 34 têm origem estrangeira (57%) e 16 (27%) são farmacêuticas. A suíça Novartis, que ocupa a terceira posição da lista, usa a parceria com [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.