Notícia

RM Consult

FAPESP vai apoiar projetos colaborativos com cientistas de sete estados e do DF

Publicado em 14 outubro 2019

Com o objetivo de estimular a formação de redes de pesquisa colaborativa, a FAPESP lançou recentemente chamadas de propostas com as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos estados de Goiás, Pará, Alagoas, Amapá, Paraíba e Distrito Federal.

Ainda no mês de outubro, devem ser anunciadas outras duas iniciativas conjuntas com as FAPs da Bahia e de Santa Catarina. Em todos os casos, serão apoiados projetos elaborados conjuntamente por um pesquisador sediado em São Paulo e outro no estado parceiro.

A chamada em parceria com a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Estado do Pará (Fapespa) foi lançada na última quinta-feira (10/10), com foco nas seguintes áreas: engenharia/tecnologia; ciências biológicas e da saúde; ciências humanas, sociais e educação; poluição, controle e qualidade do ar atmosférico e meio ambiente. O prazo para submissão de propostas vai até 8 de novembro de 2019.

No caso da chamada com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Goiás (Fapeg), lançada em 18 de setembro, serão recebidos projetos de pesquisa que abranjam conhecimentos avançados em ao menos um dos seguintes temas: fármacos; biotecnologia; biodiversidade; engenharia de alimentos; resíduos sólidos; inteligência artificial; internet das coisas; mineração; e sistema de geração, armazenamento e recuperação de energia. A data-limite para submissão é 1º de novembro.

As outras quatro chamadas de propostas em andamento foram lançadas em agosto, após o Fórum do Conselho das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap) realizado em São Paulo (leia mais em: agencia.fapesp.br/31281).

A chamada com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) é voltada a projetos nos seguintes temas: agricultura e sistemas de irrigação; biotecnologia; cidades inteligentes: mobilidade urbana, gestão de tráfego ou segurança pública; ciências dos dados e big data voltados à segurança pública; desenvolvimento humano, meio ambiente e sustentabilidade em comunidades de elevada vulnerabilidade social; energias renováveis; gestão da saúde e modelos de atendimento hospitalar; gestão de recursos hídricos; impactos das atividades de mineração em áreas urbanas; e internet das coisas. Propostas podem ser submetidas até 30 de outubro.

Os temas da chamada com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap) são: uso sustentável dos recursos florestais; pesca e aquicultura; hidrologia e recursos hídricos; dinâmica costeira; e uso e ocupação do solo (sensoriamento remoto). A data-limite é 28 de outubro.

Para a chamada com a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF), serão aceitos projetos nas áreas de: bioeconomia; ciência de dados; energia, aeroespacial; e smart cities. Submissões serão aceitas até 28 de outubro.

Já os temas especificados na chamada com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) são: recursos hídricos; engenharia; saúde; biotecnologia; desenvolvimento regional sustentável; semiárido e bioma caatinga; agropecuária, agronegócio e saúde animal; direitos humanos; economia criativa; energia sustentável; relações internacionais; tecnologia da informação; governança na internet e digitalização. A data final para apresentação de propostas é 28 de outubro

FAPESP

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Portal R7 Protec - Pró-Inovação Tecnológica