Notícia

Refrescante

FAPESP reforça cooperação com instituições do Reino Unido para ampliar pesquisas colaborativas

Publicado em 25 setembro 2012

A fim de reforçar a colaboração e discutir o atual momento de cooperação entre pesquisadores brasileiros e britânicos, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, vai promover, dia 26 de setembro, o seminário “Parcerias científicas Brasil – Reino Unido: Oportunidades de financiamento para pesquisas e inovação”. Durante o evento será renovado o acordo de cooperação mantido pela FAPESP desde 2009 com os Conselhos de Pesquisa do Reino Unido (RCUK, na sigla em inglês), e firmado acordo com mais uma instituição de ensino e pesquisa do Reino Unido, a University of East Anglia, de Norwich, na Inglaterra. Com o Economic and Social Research Council (ESRC), o atual acordo passará a incluir colaboração com pesquisadores em nível de pós-doutorado.

Durante o encontro, além do anúncio dos acordos entre as instituições brasileiras e britânicas e do resultado da chamada de propostas de pesquisa conjunta com a Universidade de York, serão apresentados os projetos aprovados pelo acordo FAPESP/RCUK e realizado um debate com os reitores britânicos Eric Thomas (Universidade de Bristol), Colin Riordan (Universidade de Cardiff), Don Nutbeam (Universidade de Southampton), Louise Richardson (Universidade de St. Andrews), Colin Bailey (Universidade de Manchester), Martin Bean (Universidade de Open), Brian Cantor (Universidade de York) e Peter Mills (Universidade Harper Adams), além de David Willetts, Ministro Britânico para a Ciência e Educação Superior, sobre os mecanismos disponíveis para financiamento à pesquisa bilateral e os próximos passos da colaboração científica envolvendo Brasil e Reino Unido.

Os convênios buscam aumentar a aproximação existente entre cientistas da Grã-Bretanha, Irlanda do Norte e Brasil, ao apoiar a realização de projetos em todas as áreas de conhecimento, incluindo o intercâmbio de pesquisadores e alunos de pós-graduação. Desde 2009, o acordo entre FAPESP e RCUK lançou chamadas com os conselhos britânicos de Artes e Humanidades (AHRC), de Biologia e Biotecnologia (BBSRC), de Pesquisas Econômicas e Sociais (ESRC) e com o Natural Environment Research Council (NERC).

Ao todo, já foram concedidos apoios a projetos de pesquisa nas áreas de bioquímica, geociências, fisiologia, genética e morfologia, com dispêndio total de mais de R$ 3 milhões, dos quais já foram desembolsados cerca de R$ 600 mil. Todas as pesquisas contempladas na primeira chamada do acordo FAPESP/RCUK continuam em vigor. Encontram-se atualmente em análise projetos apresentados em uma segunda chamada com o NERC nas áreas de Processos da Biodiversidade e de Ecossistemas em Florestas Tropicais Modificadas pelo Homem.

Novos acordos

O acordo com a University of East Anglia tem o objetivo de fomentar pesquisas em todas as áreas do conhecimento, e também prevê a possibilidade de participação de outras instituições que já mantenham parceria com a universidade e estejam localizadas no Norwich Research Park (NRP), onde está concentrada a maior parte das atividades de pesquisas da East Anglia.
No caso do ESRC, são previstas pesquisas que reúnam dois doutorandos e seus orientadores em projetos internacionais, especificamente nas áreas de Economia e Ciências Sociais, com o compartilhamento de informações sobre mecanismos de financiamento e intercâmbio entre pesquisadores, organização de reuniões científicas, workshops e simpósios.
Os acordos anunciados durante o workshop “Parcerias científicas Brasil – Reino Unido: Oportunidades de financiamento para pesquisas e inovação” ampliam a cooperação científica e acadêmica que a FAPESP mantém com outras oito instituições de ensino e pesquisa do Reino Unido: as universidades de London, Edinburgh, Bangor, Nottingham, Southampton, Surrey, York e King’s College.
Durante o encontro com os britânicos, a FAPESP vai assinar com a companhia de óleo e gás BG Brasil (empresa do BG Group) uma carta de intenções para cooperação visando o desenvolvimento de pesquisa na área de energia. Por meio da parceria, serão avaliados investimentos conjuntos em pesquisa colaborativa relacionada à indústria energética. A ideia é possibilitar a realização de uma série de workshops temáticos com pesquisadores de reconhecimento mundial para definir projetos que serão financiados conjuntamente. Adicionalmente, serão definidas estratégias para a atração de jovens pesqui sadores, pós-doutores brasileiros e estrangeiros que vão desenvolver pesquisas na área de energia no Estado de São Paulo.

Parcerias científicas Brasil – Reino Unido: Oportunidades de financiamento para pesquisas e inovação
Data: 26 de setembro de 2012
Local: Auditório da FAPESP – Rua Pio XI, 1.500 – Alto da Lapa – São Paulo – SP
Programação: http://www.fapesp.br/7178
Inscrições: http://www.fapesp.br/eventos/rcuk/inscricao

Informações para a Imprensa:
Gerência de Comunicação da FAPESP / Assessoria de Comunicação
Samuel Antenor – samuel@fapesp.br / 11.3838-4381
Fernando Cunha – cunha@fapesp.br / 11.3838-4151