Notícia

Gazeta Mercantil

FAPESP - Livro conta a história de 50 anos do CNPq

Publicado em 13 setembro 2002

Por Da Redação - São Paulo
A Fundação de Amparo à Pesquisa do listado de São Paulo (Fapesp) aproveita o aniversário do CNPq- Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico para lançar, na próxima terça-feira, um livro comemorativo aos 50 anos da instituição cujo conteúdo analisa meio século da pesquisa cientifica brasileira. Entitulada "50 Anos do CNPq - Contados por seus Presidentes", a edição - uma iniciativa da própria fundação - teve a frente Shozo Motoyaraa, professor do departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), responsável por toda a organização do trabalho e pela liderança de uma equipe de três pesquisadores do Centro Interunidade da História da Ciência da USP. Os personagens centrais da obra são os 20 ocupantes da presidência do CNPq entre os anos de 1951 e 2001. Em pouco mais de 700 páginas - escritas a partir de 15 entrevistas com centenas de horas de gravação - é possível conhecer a fundo a carreira de cada um dos presidentes, com as iniciativas desenvolvidas, as dificuldades e conquistas obtidas no comando do cargo. A equipe precisou, ainda, recorrer aos anais do Conselho Nacional de Pesquisa de 1951 a 1974 - que reproduzem, na integra, as sessões do Conselho Deliberativo do CNPq - para resgatar o perfil profissional e a visão institucional de cinco personagens já falecidos. A equipe de pesquisadores, além dos depoimentos, trabalhou com uma grande quantidade de documentos e estudou diversos planos, adotados por vários governos, para o desenvolvimento do País - itens fundamentais para traçar o contorno das políticas científicas e tecnológicas do período e definir uma análise consistente da evolução brasileira no segmento nos últimos 50 anos.