Notícia

Galileu

Fapesp lança rede para integrar pesquisas sobre biodiversidade

Publicado em 01 junho 2003

As pesquisas que buscam a conservação da biodiversidade do Estado de São Paulo terão mais uma ferramenta de trabalho com a criação da Rede Biota de Bioprospecção e Bioensaios (RedeBio), dentro do Projeto Biota, pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). O lançamento das normas e prazos para apresentação de pré-propostas e projetos para a RedeBio ocorreu ontem, 5 de junho, Dia Internacional do Meio Ambiente. A idéia da criação da RedeBio surgiu dois anos atrás, quando coordenadores de várias pesquisas do Projeto Biota (programa criado em 1999 para levantar e caracterizar a biodiversidade do Estado) perceberam que era possível colocar em prática o desenvolvimento sustentável em São Paulo. A Fapesp está estudando a viabilidade da rede, cujo objetivo é integrar todos os grupos de pesquisa do Estado em um mesmo banco de dados (sinbiota.cria.org.br), que poderá ser acessado e alimentado por qualquer instituição participante. Mais informações sobre a RedeBio podem ser acessadas no site www.redebio.org.br Na Internet: Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo