Notícia

Meio Ambiente Industrial

Fapesp lança programa de pesquisa em Bioenergia

Publicado em 01 julho 2008

Durante workshop realizado no dia três de julho de 2008, em sua sede, a Fapesp – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, lançou o Programa de Pesquisa em Bionenergia (BIOEN), cujo objetivo é apoiar pesquisas relacionadas aos biocombústiveis, promovendo o avanço do conhecimento e aplicações baseadas especialmente em cana-de-açúcar.

Cinco abordagens de pesquisa serão financiadas: melhoramento de cultivares para produção de biomassa; processo de fabricação de biocombústiveis; pesquisas sobre impactos socioeconômicos, ambientais e utilização da terra; biorrefinarias e alcoolquímica; e aplicações do etanol para motores automotivos. Para isso, foram anunciadas quatro chamadas de propostas que serão voltadas para os três primeiros temas, com valor total de R$ 73 milhões.

A primeira se refere às pesquisas para Projetos Temáticos no âmbito de convênio entre a Fundação e o MCT –  Ministério da Ciência e Tecnologia por meio do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, para implementar o Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex) no Estado de São Paulo.

A segunda chamada diz respeito a propostas para Auxílio à Pesquisa e o Programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes. A terceira é sobre propostas de pesquisas sobre processos industriais para a fabricação de etanol. A última, por sua vez, visa selecionar projetos científicos e tecnológicos no campo das ciências agronômicas, humanas, exatas, engenharias e intercâmbio de pesquisadores e estudantes.

“A idéia é estimular a interação entre todas essas iniciativas, de modo a mobilizar a comunidade de pesquisa em São Paulo a fim de enfrentar os principais desafios da bioenergia, como o aumento da produtividade, processos industriais, alcoolquímica, motores e impactos sociais, econômicos e ambientais”, disse Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da Fundação.