Notícia

Fundação Araucária

FAPESP inaugura série de conferências internacionais sobre temas estratégicos de pesquisa

Publicado em 21 junho 2021

Por Fernando de Lucena

A FAPESP inaugura na próxima quarta-feira (23/06), às 10 horas, a série Conferências FAPESP 60 anos. A iniciativa prevê a realização de 18 conferências mensais on-line, com temas estratégicos de pesquisa nas diversas áreas do conhecimento, que serão apresentadas por renomados especialistas do Brasil e do exterior. As conferências integram a agenda de celebração dos 60 anos da Fundação, a serem comemorados em 23 de maio de 2022.

“A intenção da FAPESP é mobilizar pesquisadores – jovens e seniores – para refletir sobre os grandes desafios da ciência neste século e contribuir para a construção de uma agenda brasileira de pesquisa comprometida com o avanço do conhecimento científico e tecnológico e com a solução de problemas sociais, econômicos e ambientais que constituem obstáculos ao desenvolvimento equânime e sustentável”, diz Marco Antonio Zago, presidente da FAPESP.

A primeira conferência será proferida pelo embaixador Celso Lafer e terá como tema “Ciência e diplomacia”, assunto que ganhou protagonismo nas negociações multilaterais relacionadas às mudanças climáticas e à produção de vacinas contra a COVID-19. A conferência será transmitida no canal da Agência FAPESP no YouTube.

“Os temas científicos foram aos poucos se tornando mais importantes na pauta das nações e do mundo. A contribuição do conhecimento científico sobre essas matérias é agora indispensável nas mesas de negociações diplomáticas. Representantes de nações que não tiverem informações científicas de qualidade ficam em desvantagem em qualquer conversação”, sublinha Lafer.

Lafer foi ministro de Relações Exteriores, chefiou a delegação brasileira que presidiu a 10ª Sessão do Comitê Intergovernamental para o Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia (IGC) da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada em Nova York em 1989, e foi um dos responsáveis pela Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento – também conhecida como Eco-92 ou Cúpula da Terra, realizada em 1992, no Rio de Janeiro.

Membro das academias brasileiras de Ciências e de Letras, Lafer foi presidente do Conselho Superior da FAPESP entre 2007 e 2015. Em sua gestão, enfatizou as relações internacionais com agências de fomento, institutos de pesquisa e universidades, assinando 130 acordos internacionais de cooperação.

Lafer é um dos principais teóricos das relações internacionais na América Latina, com dezenas de livros publicados sobre o assunto. É professor emérito do Instituto de Relações Internacionais e da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), doutor honoris causa das universidades de Buenos Aires, Córdoba e Três de Fevereiro, na Argentina, de Lyon 3, na França, e de Haifa, em Israel, entre outras.