Notícia

Portal Fator Brasil

Fapesp inaugura exposição de reproduções de obras de Anita Malfatti

Publicado em 15 setembro 2011

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) homenageia em 2011 a artista plástica paulista Anita Malfatti (1889-1964), cujo trabalho é considerado precursor do movimento modernista. Como acontece desde 2005, a Fundação seleciona obras de um artista plástico nascido ou radicado no Estado de São Paulo para ilustrar seu Relatório de Atividades e expõe a reprodução das obras em painéis. A edição do relatório de 2005 apresentou obras de Francisco Rebolo (1902-1980), seguida por Aldo Bonadei (1906-1974), em 2006, Lasar Segall (1891-1957), em 2007, Tarsila do Amaral (1886-1973), em 2008, e Candido Portinari (1903-1962), em 2009.

Com 27 reproduções, a exposição de trabalhos de Anita Malfatti será inaugurada na próxima quarta-feira, 14 de setembro, às 16h00, e seguirá aberta ao público até 16 de dezembro de 2011, das 9h às 17h, na sede da Fundação. Escolas interessadas em apresentar a obra da artista a seus alunos podem agendar visitas de segunda a sexta-feira.

"A Fapesp tem homenageado em seus relatórios anuais grandes pintores ligados a São Paulo. Neste ano, o documento destaca, com muita justiça, a obra de grande relevo e qualidade produzida por Anita Malfatti, artista pioneira da Arte Moderna em São Paulo e no Brasil que teve muita coragem para lidar com essa condição", diz Celso Lafer, presidente da Fapesp.

A inauguração da exposição terá a presença do presidente da Fapesp Celso Lafer, da curadora Luzia Portinari Greggio, sobrinha de Candido Portinari e autora do roteiro do documentário "Anita Malfatti", premiado em 2001 pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e de Sylvia Malfatti Sousa, presidente do Instituto Anita Malfatti, criado em 2010 por um grupo de colecionadores, críticos e familiares para divulgar, preservar e promover a catalogação de sua obra.

O relatório de atividades da FAPESP- O Relatório de Atividades 2010 apresenta dados referentes ao número e perfil dos projetos de pesquisa selecionados e contratados no período retratado na publicação. O documento também revela valores desembolsados pela FAPESP, especificados por linha de fomento e por programas de pesquisa, além de mostrar um balanço das ações de divulgação científica realizadas pela Fundação.

A Fapesp desembolsou, em 2010, R$ 780 milhões para apoiar o desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica, 14,8% acima do desembolso realizado em 2009. Até agosto de 2011 esse valor já ultrapassou R$ R$ 617 milhões, mantendo a curva de crescimento observada desde 2003.

Exposição Anita Malfatti, até 16 de dezembro de 2011, na ede da FAPESP, Rua Pio XI, 1.500 - Alto da Lapa, São Paulo. Visitação gratuita. Agendamento de visitas de escolas pelos telefones 11.3838-4216 / 4362.