Notícia

Agência Gestão CT&I

Fapesp firma maior acordo de co-financiamento de pesquisas

Publicado em 07 maio 2012

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) continua a investir nos estudos de biocombustíveis. A fundação firmou uma parceria com a empresa BP Biocombustíveis para estimular o desenvolvimento científico e tecnológico nesta área pelos próximos dez anos. O acordo é o maior já firmado pela instituição para co-financiamento de pesquisas.

Estão previstos investimentos de até US$ 50 milhões em pesquisas relacionadas a biomassa para bioenergia com foco em cana-de-açúcar,  processo de fabricação de biocombustíveis e aplicações do etanol para motores automotivos.

O diretor científico da Fapesp, Carlos Henrique de Brito Cruz, ressaltou que Estado dará um salto na produção de biocombustível. “O desenvolvimento de novas tecnologias é essencial para aumentar a produtividade e tornar a produção mais sustentável, permitindo que o Estado de São Paulo continue a ser o segundo maior produtor de biocombustíveis do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos”, afirmou.

Segundo o presidente da BP Biocombustíveis, Mario Lindenhayn, a companhia já investiu, em todo o mundo, mais de US$ 1 bilhão em tecnologia relacionada a biocombustíveis. “Em 30 anos o Brasil conseguiu aumentar em três vezes a produção de álcool por hectare. O que queremos conseguir agora, com o apoio da tecnologia, é dobrar a produção atual sem aumentar a área plantada”, afirmou.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de São Paulo o investimento em pesquisa e inovação é imprescindível para garantir a competitividade da economia paulista.

(Com informações da Fapesp)