Notícia

Folha.com

Fapesp fecha acordo para participar de megatelescópio no Chile

Publicado em 22 julho 2014

Por Salvador Nogueira
O Estado de São Paulo acaba de formalizar sua adesão ao consórcio internacional que constrói um dos megatelescópios de próxima geração para a astronomia, o GMT (Giant Magellan Telescope), com 25 metros de diâmetro. A ser erguido no Chile sob liderança de americanos, australianos e sul-coreanos, o projeto deve começar operações em 2021. O custo total da iniciativa é de US$ 880 milhões, dos quais US$ 40 milhões sairão da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). "Os termos do acordo são muito [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.