Notícia

Planeta Universitário

FAPESP expõe na Espanha um panorama da ciência feita no Brasil

Publicado em 22 novembro 2012

A fim de estreitar a relação existente entre pesquisadores brasileiros e espanhóis, a FAPESP realizará, entre os dias 10 e 14 de dezembro de 2012, uma série de conferências com pesquisadores dos dois países para discutir os avanços obtidos nos últimos anos nas áreas de ciências da saúde, ciências políticas e humanas, nanotecnologia, ciência dos materiais e fotônica. As discussões farão parte do “ Fronteras de la Ciencia – Brasil y Espanha en los 50 años de la FAPESP”, evento que integra as comemorações dos 50 anos da Fundação e reunirá, nas cidades de Salamanca e Madri, pesquisadores do Estado de São Paulo e de diferentes instituições de ensino e pesquisa do país ibérico, em uma programação intensa, diversificada e aberta ao público.

Nos dias 10, 11 e 12 de dezembro, em parceria com a Universidade de Salamanca (Usal), será realizada uma série de conferências. A conferência de abertura será feita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que falará como estadista, mas também como sociólogo, autor ou coautor de mais de 23 livros, 116 artigos científicos e vencedor do prêmio Kluge, uma distinção a acadêmicos das áreas de ciências humanas e sociais.

No primeiro dia da sessão de palestras serão expostos trabalhos desenvolvidos por pesquisadores dos dois países na área das ciências humanas, com destaque para as pesquisas em ciências políticas e políticas públicas, além de um panorama da colaboração institucional entre Brasil e Espanha.

O segundo dia do evento estará reservado para as apresentações de pesquisadores da área da saúde, com palestras que abordarão, sobretudo, as pesquisas nas áreas de genômica do câncer.

O campo da nanotecnologia será o destaque do terceiro dia do evento, com palestras sobre pesquisas em ciência dos materiais e fotônica, com ênfase em nanocarbono, nanoeletrônica e fontes de luz.

Desde novembro de 2011, a FAPESP mantém um acordo de cooperação com a Universidade de Salamanca, a fim de apoiar projetos de pesquisa desenvolvidos em conjunto por pesquisadores da mais antiga universidade espanhola com seus pares no Estado de São Paulo, envolvendo intercâmbio de professores e alunos em todas as áreas do conhecimento.

Além de celebrar o primeiro ano do acordo, o encontro também integra as comemorações dos 50 anos da FAPESP e faz parte da série de eventos que culminarão com a celebração dos 800 anos da Universidade de Salamanca, a serem completados em 2018.

“A FAPESP considera importante incluir a Espanha em seu processo de internacionalização, tendo em vista o investimento realizado pelo país ibérico em pesquisa e desenvolvimento, compatível com o que faz o Estado de São Paulo nesta área. Para a Espanha, São Paulo também é um parceiro importante. Do ponto de vista diplomático, os valores da ciência são compartilhados, unem e aproximam a sociedade”, disse Celso Lafer, presidente da FAPESP.

Como parte da programação do evento, a Universidade de Salamanca receberá a mostra “La Naturaleza Brasileña”, dedicada à divulgação da biodiversidade brasileira e que permanecerá aberta ao público no Centro de Estudos Brasileiros da Usal de 9 a 21 de dezembro de 2012.

Resultado de uma parceria entre a FAPESP e o Museu Botânico de Berlim, a exposição destaca o trabalho de documentação feito pelo naturalista alemão Carl Friedrich Philipp von Martius (1794-1868), reunido na obra Flora brasiliensis, que 171 anos depois da publicação de seu primeiro volume permanece como o mais completo levantamento da flora brasileira.

Estudantes espanhóis que desejem receber certificado acadêmico devem fazer sua inscrição diretamente no site do evento na Usal: www.fronterasdelaciencia.es.

Madri

Nos dias 13 e 14 de dezembro, o “Fronteras de la Ciencia – Brasil y Espanha en los 50 años de la FAPESP” ocorrerá na Casa do Brasil, em Madri, também com palestras e exposição.

A abertura do encontro na capital espanhola será feita por Carmen Vela Olmo, secretária de estado de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Ministério de Economia e Competitividade da Espanha, que falará sobre a ciência em seu país e as perspectivas de relações científicas com o Brasil.

A exposição “La Naturaleza Brasileña” poderá ser vista em Madri na Casa do Brasil, do dia 13 de dezembro ao dia 31 de janeiro de 2013.

A programação completa dos eventos nas duas cidades pode ser conferida no endereço www.fapesp.br/fronteras. A participação é aberta ao público, mediante inscrição.

Fonte: Agência FAPESP