Notícia

Revista Sustentabilidade online

Fapesp e Vale fecham acordo de R$40 mi para melhorar pegada ecológica

Publicado em 14 janeiro 2010

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a mineradora Vale S.A. firmaram um acordo de cooperação de R$40 milhões até 2013 para pesquisar novos processos e produtos nas áreas de ecoeficiência, mineração, processos ferrosos para siderurgia, energia e biodiversidade, informou a Revista Pesquisa Fapesp.

"Com a mobilização dos pesquisadores das instituições paulistas, buscamos o desenvolvimento de tecnologias e de processos capazes de mudar paradigmas dentro da vale", disse Luiz Eugênio Mello, diretor do Instituto Tecnológico da Vale.

Entre os temas das pesquisas estão o desenvolvimento de novas rotas de obtenção de biocombustíveis, por meio de algas e resíduos florestais e estudos de modelos capazes de melhorar a eficiência da geração de hidrelétricas.

No campo da ecoeficiência e biodiversidades os destaques são as pesquisas nas áreas de aceleração da recuperação de ambientes degradados, redução dos danos ambientais da empresa e identificação de materiais sustentáveis para serem utilizados em construções próximas às minas.

"A melhoria da eficiência energética e a biodiversidade já eram alvos de parceria com pesquisadores. E também há áreas, como a de geotecnia, em que temos pesquisa própria, mas consideramos que um olhar externo pode nos beneficiar", disse Mello à Revista Pesquisa Fapesp.