Notícia

Planeta Universitário

FAPESP e universidades de Birmingham e Nottingham lançam chamada

Publicado em 14 outubro 2013

A FAPESP e as universidades de Birgmingham e Nottingham, no Reino Unido, lançaram na semana passada a segunda chamada de propostas de pesquisa conjunta para financiamento de projetos no âmbito dos Acordos de Cooperação Científica firmados entre as instituições em maio de 2011. O anúncio foi feito na Fundação, em São Paulo, durante o Fórum sobre Internacionalização e Colaboração Efetiva no Ensino Superior.

A chamada estabelece o prazo até 20 de fevereiro de 2014 para apresentação de projetos em todas as áreas do conhecimento, com vigência de até 24 meses. Podem participar pesquisadores com posições permanentes nas universidades de Nottingham e de Birmingham e pesquisadores ligados a instituições de pesquisa e ensino superior no Estado de São Paulo com projetos em desenvolvimento com apoio da FAPESP em várias modalidades.

O aporte de recursos da chamada é equivalente a £240.000,00 e o apoio por projeto aprovado pode chegar a £80.000,00, cabendo 50% à FAPESP e 25% a cada uma das universidades britânicas. Se apenas uma das universidades parceiras estiver envolvida no projeto, o valor limite para cada parte será de £20.000,00.

“A internacionalização tem sido uma prioridade para a FAPESP e estamos convencidos de que compartilhamos com as universidades de Birmingham e Nottingham os mesmos valores e interesses em relação ao avanço da pesquisa em colaboração, que promove o entendimento e traz resultados produtivos”, disse Celso Lafer, presidente da FAPESP.

A primeira chamada conjunta da FAPESP com as universidades britânicas, concluída em dezembro de 2012, selecionou sete projetos de pesquisa desenvolvidos em cooperação entre pesquisadores do Reino Unido e do Estado de São Paulo, nas áreas de Física, Ciências Ambientais, Medicina, Medicina Veterinária e Ciência Política.

David Eastwood, reitor da Universidade de Birmingham, declarou se sentir recompensado pela qualidade da pesquisa conjunta em andamento entre pesquisadores britânicos e do Estado de São Paulo pelos benefícios da cooperação. “Hoje celebramos o fruto da colaboração entre FAPESP, Nottingham e Birmingham em projetos de alta qualidade com as principais universidades do Estado de São Paulo”, disse.

“A ciência é um empreendimento coletivo e queremos que os pesquisadores de São Paulo interajam com pesquisadores de outros países para fazer a melhor ciência, com maior impacto e maior efeito transformador no mundo”, disse Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

“A internacionalização exige a cooperação entre pesquisadores com o compromisso de buscar os grandes desafios científicos do nosso tempo e de identificar colaboradores nas melhores universidades com quem pretendem trabalhar”, disse Saul Becker, pró-vice-reitor para as Américas da Universidade de Nottingham e responsável pela internacionalização da instituição britânica. “E nosso desafio aqui é fazer isso acontecer.”

A chamada de propostas está disponível em: www.fapesp.br/en/8194.

Fonte: Agência FAPESP