Notícia

Professor News

Fapesp e Ohio State University anunciam chamada de propostas

Publicado em 02 junho 2015

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a Ohio State University (OSU), dos Estados Unidos, estão com inscrições abertas, até 13 de julho, para a chamada de propostas de pesquisa, que concederá bolsas em todas as áreas do conhecimento.

Os cientistas que são vinculados a instituições de ensino e pesquisa no Estado de São Paulo e à OSU podem submeter propostas conjuntas em duas modalidades:

Mobilidade: destinada a novas submissões, vinculadas a esta chamada de propostas. Serão apoiadas propostas de até US$ 20,000 (ou o equivalente em reais, sendo 50% FAPESP e 50% OSU), para custear passagens aéreas, seguro-saúde e diárias para pesquisadores em missões científicas entre São Paulo e Estados Unidos, durante um ano.

Projeto de Pesquisa Regular: destinada a pesquisadores com projetos previamente financiados via Chamada Fapesp-OSU 2013 e/ou a equipes formadas por pesquisadores da OSU e de instituições de ensino e pesquisa no Estado de São Paulo, cuja colaboração já esteja estabelecida. Nesses casos, o financiamento será de até US$ 100,000 por proposta (ou o equivalente em reais, sendo 50% Fapesp e 50% OSU), para custear despesas diretamente relacionadas à execução do projeto de pesquisa, bem como passagens aéreas, seguro-saúde e diárias para pesquisadores em missões científicas entre São Paulo e Estados Unidos, durante dois anos.

Na categoria Mobilidade, a Fapesp considera elegíveis pesquisadores responsáveis por auxílios à pesquisa vigentes nas seguintes modalidades: Auxílio à Pesquisa - Regular, Projeto Temático, programas Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID), Melhoria do Ensino Público, Pesquisa em Políticas Públicas e Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE). Pesquisadores Principais de Projetos Temáticos, CEPIDs e PITEs vigentes também são elegíveis.

Mais informações podem ser obtidas no site da Fapesp.

Fonte: Agência Fapesp