Notícia

NewsLab - revista do laboratório moderno

Fapesp e Agilent assinam protocolo de cooperação em pesquisa

Publicado em 01 setembro 2011

A seleção de projetos será feita por meio de Chamadas de Propostas

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a Agilent Technologies assinaram, na primeira semana de junho de 2011, Protocolo de Intenções para promover o financiamento compartilhado de pesquisa, com a participação de pesquisadores de instituições de ensino superior e pesquisa no Estado de São Paulo e da empresa. O documento prevê a assinatura de um acordo de cooperação que definirá as normas para um investimento inicial de US$ 400 mil - divididos igualmente entre as duas partes - para apoio a projetos de pesquisa científica e tecnológica.

"A Fapesp vê com muito interesse a possibilidade de um acordo com a Agilent para cofinanciamento de pesquisa em áreas relacionadas com instrumentação científica", afirma Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da Fapesp. "A empresa tem uma intensa atividade de P&D avançada nos Estados Unidos e em alguns outros países e é importante para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado de São Paulo estimular seu interesse por pesquisa feita aqui."

"A Agilent tem orgulho de poder contribuir com sua equipe para intensificação da descoberta no Brasil", afirma Reinaldo Castanheira, Gerente Geral da Agilent Technologies no Brasil. "A Agilent é uma grande parceira, em todo mundo, da comunidade acadêmica e temos o compromisso de desempenhar um papel ativo no avanço da pesquisa de ponta e desenvolvimento das futuras gerações de cientistas".

O protocolo de intenções estabelece o objetivo de promover o avanço científico e estimular a investigação acadêmica voltada à aplicação em áreas temáticas de interesse mútuo. A seleção de projetos será feita por meio de Chamadas de Propostas e a cooperação acontece no âmbito do Programa Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE), criado pela Fapesp em 1994.