Notícia

Planeta Universitário

FAPESP assina acordo de cooperação com Academia da Finlândia

Publicado em 17 fevereiro 2012

Dirigentes da FAPESP e da Academia da Finlândia assinaram nesta quinta-feira (16/02), no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado de São Paulo, um acordo de cooperação em pesquisa científica. A Academia da Finlândia é a principal agência de financiamento à pesquisa básica no país europeu, destinando anualmente mais de 320 milhões de euros para apoiar projetos em todas as áreas do conhecimento científico. Por meio do acordo, a FAPESP e a Academia da Finlândia se comprometem a promover cooperação no campo da pesquisa científica por meio de mecanismos como o financiamento de projetos conjuntos de pesquisa, o apoio à mobilidade de pesquisadores e a organização de seminários, workshops ou outras reuniões de interesse mútuo.

O acordo prevê o lançamento de chamadas de propostas de pesquisa e terá vigência de cinco anos, podendo ser renovado automaticamente por períodos iguais.

O documento foi assinado por Celso Lafer, presidente da FAPESP, e por Jarí Luoto, embaixador da Finlândia no Brasil, em nome da Academia da Finlândia. A assinatura ocorreu no Palácio dos Bandeirantes por ocasião de audiência do primeiro-ministro finlandês, Jyrki Katainen, com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

"A Finlândia é um país de muita expressão na área de Ciência e Tecnologia e que conta com empresas fortemente atuantes no Brasil. O governador Alckmin atribui importância elevada ao encontro com altas autoridades da Finlândia e é nesse contexto que a FAPESP faz um acordo com a Academia da Finlândia: criar um ponto de articulação entre instituições de pesquisa da Finlândia e do Estado de São Paulo", disse Lafer.

Participaram do encontro Norton de Andrade Mello Rapesta, embaixador do Brasil na Finlândia, Afonso Emílio de Alencastro Massot, chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores em São Paulo, Paulo Alexandre Barbosa, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, José Aníbal, Secretário de Estado de Energia, Rodrigo Tavares, assessor especial para Assuntos Internacionais do Governo de São Paulo, e Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

A comitiva do governo finlandês contou também com Antti Vanska, assessor especial para Assuntos Internacionais, Juho Romakkaniemi, assessor especial para a União Europeia, e Jan Jarne, cônsul-geral honorário da Finlândia em São Paulo.

Além da assinatura do acordo entre a FAPESP e a Academia da Finlândia, a pauta do encontro teve como temas energias renováveis, etanol, meio ambiente, centros de pesquisa e desenvolvimento, parques tecnológicos e inovação.

Agência FAPESP