Notícia

Extra (Rio de Janeiro, RJ) online

FAPESP aprova licença-maternidade para bolsistas com dedicação integral

Publicado em 24 dezembro 2013

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, aprovou a concessão de licença-maternidade de quatro meses para bolsistas em contrato de dedicação integral. A medida vale para os programas de mestrado, doutorado, pós-doutorado, jovem pesquisador, jornalismo científico e treinamento técnico.

Para quem já possui bolsa, a medida já está valendo. Basta que a interessada envie uma carta solicitando o benefício para a Gerência de Apoio, Informação e Comunicação (GAIC), da FAPESP, junto com o atestado médico. Não haverá interrupção do pagamento durante o período de afastamento e, após o término da bolsa, serão acrescidos outros quatro meses.

“A FAPESP já vinha estudando o assunto há algum tempo, pois havíamos recebido algumas solicitações. A Diretoria Científica analisou o assunto e o Conselho Técnico Administrativo aprovou a proposta de criação da licença” disse ao site da instituição o diretor adminitrativo, Joaquim José de Camargo Engler.